Prefeitura de Lagarto apresenta a Programação Oficial do Festival da Mandioca

maio 14 08:36 2022

 

Sergipe é o país do forró e a capital é Lagarto. A esperada programação do “Festival da Mandioca 2022 – Todo mundo junto, de novo, na Capital do Interior”, que você vai conferir logo abaixo, vem pra colocar o nosso São João como principal destino de todos os forrozeiros e brincantes do estado e da região.

O evento representa um investimento total de R$ 3 milhões de reais, fruto de emenda parlamentar do deputado Federal Gustinho Ribeiro para o povo de Lagarto e de todo o Sergipe.

A programação oficial tem início já no próximo dia 29 de maio, com “Retirada e Festa do Mastro” (Arrastão com Seeway e show com Trio Xamego do Forró. A retirada do Mastro é o esquenta para a Tradicional e centenária “Silibrina”, que é realizada no dia 31/05 dando vivas ao mês de junho.

Vá anotando aí

– Na noite do dia 3/06, a partir das 19h, iremos conhecer a musa da nossa festa, com a “Escolha da Rainha do Festival Mandioca” no anfiteatro do Balneário Bica. Atração: Banda Xaqualha.

No Sábado, 4/06 a Prefeitura chega junto no “Arraiá Familiá da Rua de Laranjeiras”. As atrações são: Jeff Seixas; Leo Santos, O Eclético e Ivânio Ramos e Banda.

– Nos dias 6, 7, 8, 9 e 10/06, sempre a partir das 19h no Ginásio “O Ribeirão”, acontece o “IV Concurso de Quadrilhas Juninas de Lagarto”. A última edição em 2019 atraiu em sua grande final um público de 4.000 pessoas, algo nunca visto neste tipo de evento.

– Na tarde do dia 17/06, as principais manifestações culturais da cidade e do Estado estarão desfilando pelas ruas no “Cortejo Folclórico”.

– Dia 19/06 vamos dar um pulo no povoado Brejo, pra curtir o tradicional “Casamento Caipira”. Atrações: Beijo Gelado, Falcões do Arrocha e Jonas Esticado.

E a partir do dia 23/06 todos os destinos levam a Praça do Tanque Grande, que vai abrigar o maior São João e São Pedro de não só de Sergipe mas de toda a região.

Confira todas as atrações

Dia 23, quinta-feira

Trio Ave Rara

Helder Nascimento

FELIPE ARAÚJO

Zé Costa

Big Love

SAMIRA SHOW

Dia 24, sexta-feira

Banda Estrela De Couro

CÉSAR MENOTTI & FABIANO

Fogo Na Saia

Paulo Santos

AVINE VINNE

Carlos Rabbelo

Dia 25, sábado

Fabrício Sandes

Douglas Gavião

Marcelo Lacerda

UNHA PINTADA

MANO WALTER

Os Menudos

Dia 26, Domingo

Antenor Nunes

George Sant’s

BRUNO & MARRONE

Leo Linss

ZÉ VAQUEIRO

Luanzinho Moraes

Dia 27, Segunda-feira

Forró 10

ZEZÉ DE CAMARGO & LUCIANO

Walter Nogueira

Walasse Dhii Mamãe

Fabrício DR

Dia 28, terça-feira

Cassio Júnior

WESLEY SAFADÃO

ADELMARIO COELHO

Dhi Piseiro

MASTRUZ COM LEITE

Dia 29, Quarta-feira

Aloísio Do Tanque

Simone Fernandes

XANDY AVIÃO

Tavinho Porto Rico (The Voice Kids 2022)

Alma Gêmea

NATTAN

E quem disse que para por ai?

No dia 3 de julho o Festival se estende até a Colônia Treze, onde acontece o igualmente tradicional “Casamento Caipira”! As atrações são: Jam Brasil, Galã do Brega, Lourinho do Forró e Banda, Galeguinho do Forró e Talentos do Forró.

Para a prefeita de Lagarto Hilda Ribeiro, a volta do Festival é graças a campanha incessante da gestão contra a pandemia, uma vitória da ciência sobre a doença. Mas a comemoração da nossa maior festa popular é por toda consequência positiva que ela gera na receita do município.

“A maior expectativa é pelo impacto na nossa economia. Graças ao turismo durante todo o mês de junho, veremos o movimento nos comércios de vestuário e calçados; nos restaurantes, bares, lanchonetes e deliverys; nas pousadas; para os taxistas, mototaxistas e motoristas de aplicativos que vão ter muitas corridas. E principalmente, os vendedores ambulantes, tão afetados pela pandemia nestes últimos dois anos, que agora poderão comercializar seus produtos, seja dentro ou na parte externa da praça. São muitos os motivos para comemorar porque não é só uma grande festa de interesse específico, ela traz geração de emprego e renda” disse a Prefeita.

Valorização da prata da casa

Hilda ainda ressaltou a importância da Lei Municipal que instituiu o “Projeto Circulando Cultura”, que determina o percentual de 50% para contratação de atrações locais para eventos.

Quem ganha é a cidade

A estimativa da Organização é para que todos os dias de Festival atraiam um movimento de cerca de 350 mil pessoas, que fora os investimentos no comércio e serviços locais, consumam um valor mínimo de média de R$ 50 (cinquenta reais) por evento, o que deverá gerar uma receita de R$ 30 milhões de reais para o município.

Da assessoria

  Editoria: