Prefeitura de Aracaju nomeia 21 novos auditores de tributos do município

Prefeitura de Aracaju nomeia 21 novos auditores de tributos do município
junho 09 16:27 2022

 

Em solenidade realizada nesta quinta-feira, 9, no Auditório do Centro Administrativo Prefeito Aloísio Campos, a Prefeitura de Aracaju, por intermédio da Secretaria da Fazenda (Semfaz), nomeou os 21 auditores de tributos do município aprovados no último concurso realizado pela administração, em outubro do ano passado.

A expectativa é que os novos servidores municipais sejam empossados já no próximo dia 1º de julho. Foram ofertadas 20 vagas, sendo 14 para a área de Abrangência Geral e as outras 6 para Tecnologia da Informação, além do cadastro reserva.

O concurso para auditor de tributos era uma das grandes necessidades da gestão, tendo em vista o último ter sido realizado há 24 anos, como explicou o secretário municipal da Fazenda, Jeferson Passos, ao parabenizar os nomeados em nome do prefeito Edvaldo Nogueira.

“Repor o quadro de servidores da Semfaz estava entre as nossas prioridades, destacada, inclusive, no Planejamento Estratégico. Nos últimos anos, temos investido muito na modernização da legislação, novas tecnologias e sistemas, infraestrutura de trabalho; e agora, com a chegada desse grupo, colocamos a peça chave para que o avanço na administração tributária de Aracaju alcance voos ainda mais altos”, pontuou Jeferson Passos.

Após a posse, os novos auditores participarão do curso de formação, conduzido pelo Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe), banca organizadora do concurso, e pela Secretaria da Fazenda. As aulas serão realizadas entre 18 de julho e 26 de agosto, em local a definir.

“O curso terá a duração de seis semanas, ministrado parte pela própria banca, parte pela Semfaz, tratando sobre os sistemas utilizados pelo município, a legislação tributária de Aracaju e aspectos relacionados à administração pública municipal. A expectativa é que em agosto já tenhamos todos os novos servidores atuando na Fazenda”, detalhou.

O secretário do Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplog), Augusto Fábio, ressaltou a importância da chegada dos novos servidores para a implementação das políticas públicas que são de responsabilidade do município.

“Apesar da Semfaz ter o caráter arrecadatório, ela é uma secretaria facilitadora para a implantação e execução das ações por outras pastas, como a Saúde e Educação. Um trabalho essencial. Os auditores que chegam agora se somam a essa tarefa, que tem como principal objetivo a qualidade de vida da nossa população”, reforçou o gestor.

Para o presidente do Sindicato de Auditores e Fiscais do Município de Aracaju (Sinaf), Carlos Trindade, este é um momento singular, pois se trata da renovação de uma categoria que desempenha um papel muito importante para administração pública, que é o Fisco.

“Há muito tempo que não tínhamos um concurso e a oportunidade dada pelo prefeito Edvaldo Nogueira permite que o Fisco continue a contribuir da forma que ele veio contribuindo até então, com um trabalho que mantém o orçamento em dia e contribui para que a gestão consiga arcar com seus compromissos”, pontuou.

Sonhos realizados

Natural de Aracaju, o agora nomeado auditor de tributos do município, Victor Villar, contou que após terminar a faculdade começou o processo de preparação para o concurso, inspirado pela carreira do seu avô, auditor fiscal do Estado.

“Não é uma decisão de estudar nem o processo de preparação são fáceis. Estudei por três anos, sem acreditar muito, como todo concurseiro; e ver esse dia chegar é a materialização de um sonho. É incrível, indescritível. Me sinto muito grato por ter conseguido alcançar esse objetivo e ainda mais feliz por poder realizar esse sonho e retribuir o meu esforço e dedicação para a cidade de Aracaju”, declarou.

Diego Villendel, também nomeado auditor nesta quinta-feira, destacou a expectativa para o início dos trabalhos. “Estamos todos muito ansiosos, prontos para trabalhar. O processo para chegar até aqui foi bastante complexo, a área de auditoria fiscal é complicada para estudar. Foi um longo período estressante para agora desfrutarmos das boas notícias. Agora é aguardar iniciarmos de fato no trabalho, mas, se pudesse, todos já iríamos amanhã”, disse.

Foto: Marcelle Cristinne

  Editoria: