Prefeitura capacita comerciantes ambulantes para os festejos juninos em Aracaju

Prefeitura capacita comerciantes ambulantes para os festejos juninos em Aracaju
maio 09 14:06 2022

 

Com o objetivo de potencializar e gerar economia na capital durante as festas juninas, a Prefeitura de Aracaju, por intermédio da Fundação Municipal de Formação para o Trabalho (Fundat), está realizando a oficina Boas Práticas e Manipulação de Alimentos (8h), uma capacitação ofertada em parceria com a Universidade Federal de Sergipe (UFS) e Escola do Legislativo (Elese).

A capacitação, que conta com três turmas, uma das quais já finalizada, é destinada aos comerciantes e ambulantes que desejam trabalhar no período de festas do mês de junho, potencializando negócios e a economia não somente de Aracaju, mas de outros municípios.

Além disso, a partir dessa oficina, os participantes recebem a certificação, assegurando que estão aptos a comercializar seus produtos em acordo com as normas de higienização e acondicionamento de alimentos.

A primeira turma foi ministrada pela instrutora e doutora em Biotecnologia de Alimentos, Paula Duarte e também pela nutricionista Ulhiana Menezes, ambas do Departamento de Nutrição da UFS. As professoras abordaram tópicos importantes sobre como conservar, manipular e armazenar os alimentos. Com 80 vagas ofertadas, a turma inicial certificou 76 comerciantes.

Devido a pandemia da covid-19, os ambulantes foram um dos profissionais que perderam seu meio de gerar renda, principalmente, àqueles que atuavam nas festas. Agora, com a retomada dos eventos, a exemplo dos festejos juninos, eles podem voltar a trabalhar, tendo suporte da Prefeitura na capacitação e preparação para comercialização adequada dos alimentos.

De acordo com a presidente da Fundat, Edivaneide Lima, a oficina oportuniza para esses profissionais a geração de renda familiar. “Estamos sempre atentos às necessidades dos cidadãos, principalmente às do trabalhador. A oficina já era ofertada antes da pandemia, mas com o retorno dos eventos, percebemos essa demanda e durante este mês estaremos capacitando os ambulantes para as festas juninas”, explica a presidente.

O comerciante José Santos, de 57 anos, participou da primeira turma da oficina e há mais 40 anos atua vendendo comida em festas. “Já vendi em todos os tipos de festas. Desde que a Fundat passou a ofertar essa oficina, eu participo e aprendo mais um pouco. Como trabalho com pizza, então o cuidado deve ser redobrado. Antes de fazer essa oficina, eu perdia bastante alimentos, agora eu consigo fazer o congelamento certo e sem perder nenhum ingrediente”, afirma José.

Para a aluna e também comerciante Maria do Carmo Santos, a capacitação é necessária, pois é uma especialização para os ambulantes. “Fazer a oficina me ajuda a ganhar mais. É um incentivo para melhorar o meu negócio. Aprendi a como conservar o alimento para que tenha uma durabilidade maior”, conta Maria.

Próximas turmas

Com a retomada dos eventos, a demanda por esta oficina foi ampliada. Por isso, a Fundat ofertará para os comerciantes inscritos no cadastro reserva mais duas turmas: nos dias 19 e 25 de maio, das 8h às 17h, no auditório da Escola Elese.

Essa capacitação temi validade de dois anos. Após isso, é necessário participar novamente da oficina para obter a certificação atualizada e, assim, trabalhar de maneira regularizada.

Foto: Ascom/Fundat

  Editoria: