Prefeito de Socorro, padre Inaldo, diz que a oposição não aceitou a derrota

Prefeito de Socorro, padre Inaldo, diz que a oposição não aceitou a derrota
dezembro 23 08:24 2020 Imprimir Conteúdo

O prefeito de Nossa Senhora do Socorro, Padre Inaldo (Progressista), disse, nesta terça-feira (22), que está mais preocupado em trabalhar pela população do que com o pedido de cassação de sua candidatura à reeleição apresentado pelo Ministério Público Eleitoral. Ele não acredita que a Justiça anulará as eleições: “Este é um assunto levantado pela oposição, que busca gerar instabilidade política no município”, afirma o gestor. Na ação, o MPE também pede a inelegibilidade do prefeito por oito anos.

Segundo Padre Inaldo, a acusação de que ele comprou votos durante a campanha não tem sustentação legal. “Estão fazendo referência ao caso da cadeira de rodas, que eu doei a uma pessoa. Não houve compra de votos, apenas ajudei uma pessoa, coisa que sempre fiz a vida toda, com recursos do meu salário’, explicou. Ainda sobre a oposição, o prefeito afirma que “esse pessoal não está conformado com a derrota nas urnas, mas, graças a Deus, a gente vive numa democracia e o povo de Nossa Senhora do Socorro reconheceu o trabalho que vem sendo desenvolvido”, concluiu.

Por Destaque Noticias

  Editoria: