Prefeita de Capela diz que vai acionar na justiça responsáveis por acusações

Prefeita de Capela diz que vai acionar na justiça responsáveis por acusações
setembro 28 15:37 2018 Imprimir Conteúdo

A prefeita de Capela Silvany Mamlak, negou as acusações feitas por um morador do município, Edirani de Capela, como é conhecido, que informou  que havia nepotismo cruzado e que “assim como eu levei a denuncia para o Ministério Público sobre o jantar fantasma, eu vou levar o nome dessa senhora também para a promotora”, afirmou.

No inicio da tarde desta sexta-feira (29), a assessoria de imprensa do município emitiu uma nota negando as acusações e informando que irá responsabilizar judicialmente os responsáveis pela divulgação.

Veja o que diz a nota:

A Prefeitura de Capela nega e repudia a divulgação de informações mentirosas e levianas envolvendo a gestão municipal e um suposto nepotismo cruzado, como tratou em uma matéria um site de notícias de Sergipe.

Segundo essa reportagem, estaria havendo esse tipo de nepotismo em virtude da nomeação em cargo comissionado de Lilian Raquel Ferreira Alves, mãe do prefeito de Muribeca, Fernandinho Franco.

A senhora Lilian Raquel está lotada no gabinete e presta suas funções diariamente para a municipalidade, como qualquer servidor comissionado.

Além disso, é completamente sem fundamento a teoria do nepotismo cruzado, uma vez que não há nenhum parente da prefeita Silvany Mamlak trabalhando na administração municipal de Muribeca.

Através da sua assessoria jurídica, a Prefeitura de Capela acionará judicialmente os responsáveis pela divulgação dessa mentira, para que respondam na Justiça por suas acusações.

Atenciosamente,

Departamento de Comunicação

Capela-Sergipe

Munir Darrage

  Editoria: