Por que a Justiça solta?

Por que a Justiça solta?
setembro 11 08:37 2019 Imprimir Conteúdo

“Lamentavelmente, a Polícia prende, mas a Justiça solta”. Esse bordão do senso comum é cada vez mais usado para justificar a crescente violência. Quem pensa assim, também defende que “bandido bom é bandido morto”, prega a redução da maioridade penal e até a prisão perpétua. Diferente do que muitos acreditam, contudo, as causas da assustadora criminalidade não estão simplesmente na liberdade provisória de um acusado. Em recente artigo, a educadora Izabel Sadalla Grispino concluiu que a violência nasce nos becos escuros das favelas, na urbanização desenfreada e desordenada das cidades. Mas por que os magistrados libertam quem a Polícia prende com tanto trabalho? Quem responde a esta indagação é o juiz de Direito Gerivaldo Neiva: “Não é a Justiça que solta, mas é o preso que tem o direito de responder em liberdade. O nosso papel é, simplesmente, garantir este direito”. Ademais, amontoar seres humanos em superlotadas penitenciárias – verdadeiras masmorras medievais – não recupera o criminoso, nem reduz a violência. Simples assim!

Cadê o dinheiro?

E o deputado estadual Georgeo Passos (Cidadania) quer saber o destino do dinheiro arrecadado pelo Detran. Segundo ele, apesar de arrecadar mais de R$ 100 milhões por ano, a autarquia acumula vários débitos. Passos pretende abrir a caixa preta do órgão para saber quanto foi arrecadado e em que gastaram tanto dinheiro. Para se ter uma ideia, a empresa responsável pela biometria só aceita renovar o contrato quando o Detran lhe pagar um débito de R$ 4 milhões. Crendeuspai!

Vai a leilão

Composta por quatro torres, a máquina de impressão do jornal Cinform vai a leilão no próximo dia 19. Fabricado em 1999 e em perfeito estado, o equipamento está avaliado em R$ 500 mil. Promovido pela Justiça do Trabalho de Sergipe, o pregão também disponibilizará imóveis, carros, máquinas, produtos de informática, etcétera e tal. No site www.lancese.com.br é possível ver todos os bens a serem leiloados. Ah, bom!

Choro de marajá

Muita gente se surpreendeu com a queixa salarial do procurador de Justiça mineiro Leonardo Azeredo dos Santos: “Como o cara vai viver com R$ 24 mil? Já reduzir meu cartão de crédito para R$ 8 mil”, reclamou. O salário do dito cujo pode ser alto, mas não faz inveja ao dos conselheiros do Tribunal Faz de Contas de Sergipe. Em julho passado, estes felizardos senhores de toga botaram nos bolsos mais de R$ 42 mil, fora outras mordomias inerentes ao cargo. Caso também achem que ganham pouco, estão chorando de barriga cheia. Danôsse!

Nova eleição

Os eleitores de São Francisco, na região ribeirinha de Sergipe, devem ir às urnas ainda este ano. O Tribunal Regional Eleitoral anunciará, terça próxima, as regras para a eleição suplementar. A chapa eleita substituirá a prefeita e o vice, respectivamente, Altair Nascimento (PSB) e Manoel Messias Nascimento Araújo (PSD). Os dois foram cassados porque prometeram empregos em troca de votos.  Altair foi substituída interinamente pelo presidente da Câmara de Vereadores, Gilvânio Santana Silva, o “Marreta” (PSDB). Vixe!

Comendo as fêmeas

Vendedores de caranguejo estão desrespeitando a norma do Ibama, que impede a captura e o comércio das fêmeas do crustáceo. Nas feiras livres de Aracaju é possível encontrar até três fêmeas em cada corda com seis caranguejos, sem contar o reduzido tamanho das carapaças. Alguém sabe dizer por onde anda a fiscalização do Ibama, que não flagra este crime ambiental cometido em praça pública? Virgem Santa!

E o reajuste?

Alguém aí no governo de Sergipe sabe quando o servidor terá direito, ao menos, à reposição da inflação? Com as calças na mão, pois já vendeu até o cinto para suprir necessidades básicas, a galera está fazendo promessa até para Santo Expedito. Enquanto isso, o governo segue com a ladainha de que está quebrado e coisa e tal. Vem cá, o que o coitado do servidor tem com isso? Misericórdia!

Dou-lhe uma…

O consórcio ExxonMobil, Enauta e Murphy arrematou por R$ 7,85 milhões o SSEAL-AUP2, localizado na bacia de Sergipe e Alagoas. As empresas pretendem investir no bloco arrematado algo em torno de R$ 96 milhões. Durante o leilão realizado, ontem, pela ANP, o SSEAL-AP1, situado na mesma bacia, não foi arrematado. Marrapaz!

Nome de bairro

O ex-governador Marcelo Déda (PT) agora é nome de bairro no município de São Cristóvão. Falecido em 2013, vítima de câncer, o petista foi deputado estadual e federal, prefeito de Aracaju por dois mandatos e governador de Sergipe. A lei nº 406 sancionada pelo prefeito Marcos Santana (MDB) denomina de Marcelo Déda a região próxima ao Jabotiana, loteamentos Jardim Universitário, Recanto dos Pássaros e Santo Inácio. Homenagem justíssima!

Bienal na serra

De hoje até domingo, o agreste sergipano respira cultura. Com abertura marcada para as 19h, a 5ª Bienal de Itabaiana contará com shows musicais, lançamentos de livros, palestras, debates, apresentações de dança, teatro e até hipnose cômica. A Bienal acontece no espaço do Shopping Peixoto, o único de Itabaiana. Prestigie!

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano A Tribuna, em 17 de agosto de 1931.

  Editoria: