Por dever favor a Valdevan Noventa, goleiro abandona o Atlético Gloriense

Por dever favor a Valdevan Noventa, goleiro abandona o Atlético Gloriense
julho 31 09:40 2019 Imprimir Conteúdo

 

A Associação Desportiva Atlético Gloriense vem através deste, informar que o atleta Giovani Araujo, não faz mais parte dos planos do Touro do Sertão, conforme foi noticiado anteriormente.

A suposta contratação foi conduzida pelo Presidente do clube, Mario do Ponto Banese, onde o atleta e seu procurador/empresário/pai selaram um acordo verbal sobre a vinda do Goleiro para defender as cores do Atlético Gloriense. Na véspera da apresentação, o Presidente recebeu uma ligação do Pai (Sr. Leão) informando que o atleta teria recebido um pedido do deputado federal, Valdevan 90, para que o mesmo fosse atuar na cidade de Pedrinhas e que ele devia favores a esse parlamentar. Mario explicou a situação do clube e pediu que ele analisasse, pois o atleta já teria sido anunciado pelo clube, haja vista que recebeu a confirmação do atleta e de seu pai que estaria tudo certo. Na apresentação do elenco, o atleta não compareceu.

Sendo assim, a direção da Associação Desportiva Atlético Gloriense, repudia esse tipo de ação e confirma que não é refém de jogador, desistindo assim de contratá-lo. Destaca que o clube e sua torcida são bem maiores que qualquer atleta.

A diretoria juntamente com a comissão técnica foram em busca de um substituto a altura no futebol alagoano. Trata-se do arqueiro Rafael Júnio, de 22 anos.

Por Assessoria do Atlético Gloriense

Fonte Mais Sertão

  Editoria: