PM é baleado com tiro na boca, sofre parada cardíaca e acaba morrendo

PM é baleado com tiro na boca, sofre parada cardíaca e acaba morrendo
agosto 26 06:44 2019 Imprimir Conteúdo

Um policial militar foi atingido com um tiro na boca durante uma cavalgada que ocorria neste domingo (25)  no Povoado Pedrinhas, município de Areia Branca.

As informações são de que o caso ocorreu por volta das 22:30 horas quando policiais militares que atuavam em uma cavalgada, avistaram um elemento que seria um ex-presidiário, armado e efetuando disparos.

Ao se aproximarem, o homem efetuou disparos que acabou atingindo dois policiais militares, sendo um no rosto e o outro na perna. Os dois militares foram socorridos e levados para o hospital. Já o elemento foi atingido por dois disparos e encaminhado para o Huse . Além do militar e do elemento, uma criança foi atingida por um tiro no pé.

O militar foi encaminhado para o hospital de Itabaiana enquanto a criança foi levada para o hospital de Areia Branca. Logo em seguida, o militar, soldado Genésio Monteiro da Cruz, que foi atingido com o tiro na boca acabou morrendo após ser levado para o hospital de Itabaiana e sofrer duas paradas cardíacas.

O militar deixa esposa e dois filhos, uma menina de quatro anos e um menino de cinco meses.

O corpo do soldado Genézio Monteiro da Cruz, 30 anos, será velado na manhã desta segunda-feira (26), no Velatório Planfan, localizado na Avenida Presidente Vargas, na cidade de Lagarto. O corpo será sepultado nesta terça-feira (27) no cemitério daquele município.

  Editoria: