“Pessoas estão ficando cegas porque não há colírio para glaucoma”, denuncia Isac

“Pessoas estão ficando cegas porque não há colírio para glaucoma”, denuncia Isac
março 28 10:33 2018 Imprimir Conteúdo

O vereador Isac Silveira (PCdoB) utilizou a tribuna durante a manhã de hoje para falar, mais uma vez, sobre o descaso com a saúde do município de Aracaju. Durante o pequeno expediente, ele expôs aos outros parlamentares que esteve na coletiva de imprensa que o Sindicato dos Médicos de Sergipe (Sindimed) realizou, para toda a imprensa, no Centro de Especialidades Médicas (CEMAR), do Siqueira Campos e ficou triste com o dossiê apresentado pelo sindicato.

“O Sindimed apresentou uma radiografia da saúde de Aracaju, mais precisamente em relação às unidades do Cemar do Augusto Franco, e Siqueira Campos. De 42 salas que existem no Cemar do Siqueira, 20 estão deterioradas, e não funcionam. Lá tudo está acabado”, disse Isac. O vereador aproveitou ainda para falar sobre a falta de medicação oferecida pela rede pública municipal. “Algumas pessoas também tem insistido que medicamentos, como colírio para glaucoma não existe, e pessoas podem passar à cegueira, ou até adquirir doenças mais grave, por não terem acesso a esse colírio, ou outros remédios”, desabafou.

Isac disse se sentir perdido quando o assunto é a Secretaria Municipal de Saúde. “Me preocupa muito quando a gente parece estar envolto com a administração municipal, andando quase que em um labirinto, sem conseguir uma saída para a problemática”, falou Isac que também lembrou da presença da secretária Waneska Barboza na Câmara. “Nós dissemos aqui nesta casa a secretária que reconhecemos o esforço dela e a lisura em sua administração, mas que as coisas acontecem muito lentamente na saúde, e isso é um fato que não se pode negar”, ponderou Isac.

O vereador ainda comparou o trabalho realizado em outras secretarias, em comparação com a saúde. “Se você olhar para a Emsurb, por exemplo, você vê o trabalho sendo realizado, com as ruas sendo recapeadas, drenadas, e todo o trabalho belíssimo. E quando você olha para a saúde, você se pergunta o que é que está sendo feito? A saúde de Aracaju continua agonizando. E eu não vou esconder isso de ninguém por ser da base aliada. Nem pensem isso. Eu vou continuar denunciando, assim como estou fazendo hoje. Pessoas estão ficando cegas porque não há colírio para glaucoma”.

Foto assessoria

Por Bruna Cury e Valéria Santana

  Editoria: