Pesquisadoras da UFS estudam mudanças no comportamento da voz dos professores durante a pandemia

by Munir Darrage | 2 de fevereiro de 2021 15:27:19

Formulário da pesquisa para docentes estará aberto até 20/02

Pesquisadoras do campus de Lagarto estão desenvolvendo estudo que visa avaliar os sintomas vocais nos professores da Universidade Federal de Sergipe que utilizam metodologias ativas (os campi de Lagarto e do Sertão) em comparação aos que usam metodologias tradicionais (os campi de Aracaju, Itabaiana, Laranjeiras e São Cristóvão) dentro do ensino remoto durante a pandemia de covid-19.

A pesquisa é realizada pela professora Ariane Pellicani e as estudantes Caroline Oliveira dos Santos e Carla Santana Carvalho, do Departamento de Fonoaudiologia (DFOL), juntamente com a doutoranda da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP-USP), Aline Ferreira de Brito Mota.

Ariane explica que o acompanhamento dos professores tem o intuito de verificar como acontece o desgaste na voz na comunidade docente. “Como o estudo está sendo feito em parceria com a Pró-reitoria de Graduação (Prograd), futuramente conseguiremos proporcionar alguma assessoria vocal para os docentes como uma atividade de extensão”. Depois da coleta de dados, etapa que está sendo desenvolvida no momento, haverá uma avaliação e o feedback será enviado aos professores. “Quando as aulas presenciais voltarem, o questionário será reaplicado para que consigamos saber se as queixas vocais são piores ou melhores na sala de aula”, explica.

Até o dia 20/02, o formulário da pesquisa[1] estará aberto, juntamente com um Termo de Consentimento Livre e Esclarecido, para os docentes que estiverem interessados em contribuir e ter esse acompanhamento.

Ascom comunica@ufs.br

foto: Arquivo pessoal

Endnotes:
  1. formulário da pesquisa: https://forms.gle/pK9Z5dW3u1DfxCTe9

Source URL: http://espacolivrenoticias.com.br/pesquisadoras-da-ufs-estudam-mudancas-no-comportamento-da-voz-dos-professores-durante-a-pandemia/