Pesquisa para deputado não vale nada

Pesquisa para deputado não vale nada
maio 12 07:59 2022

Por Adiberto de Souza *

É perda de tempo analisar pesquisa eleitoral para deputados. A euforia de alguns pré-candidatos ao legislativo com o resultado de uma recente consulta popular não passa de encenação para confundir o eleitor, pois esse tipo de apuração não tem qualquer valor científico. Diferente do que ocorre na disputa majoritária, onde se elege o candidato mais votado, na eleição proporcional é preciso saber primeiro quais partidos alcançaram o número mínimo de votos. Depois, chega-se aos eleitos verificando quais concorrentes foram os mais votados das legendas que alcançaram o coeficiente eleitoral. Ademais, é impossível realizar consulta estimulada para o Legislativo porque os institutos de pesquisa não dispõem da relação completa dos pré-candidatos à Assembleia e à Câmara Federal. Portanto, o eleitor não deve levar em conta este tipo de consulta popular, pois ela só serve para que os possíveis concorrentes saiam por aí divulgando uma informação irreal, visando naturalmente angariar a simpatia do eleitorado desinformado. Crendeuspai!

Assunto proibido

O pré-candidato a governador Valmir de Francisquinho (PL) é o alvo preferido do também postulante ao governo João Fontes (PTB). Na tentativa de polarizar com o liberal, o petebista tem dito cobras e lagartos do adversário. O distinto só não cita que Valmir andou sendo preso quando era prefeito de Itabaiana. Caso o faça, Fontes abre espaço para Francisquinho lembra-lo que o manda chuva do PTB, Roberto Jefferson, foi condenado no processo do Mensalão, puxou cadeia e hoje, para não perder o costume, está curtindo uma prisão domiciliar. Portanto, não fale em xilindró diante dos petebistas que eles viram uma arara. Misericórdia!

Boa nova

O Grupo Mateus, maior rede supermercadista do Norte e Nordeste, projeta instalar uma loja em Sergipe agora em 2022. O diretor-presidente do Grupo Mateus, Ilson Mateus Rodrigues, informou ao jornal Valor Econômico que para este ano há inaugurações planejadas para Sergipe, Maranhão, Pará Ceará e Alagoas. A marca possui as bandeiras Mix Atacarejo, Supermercado Mateus, Hiper Mateus, Eletro Mateus, Camiño, uma plataforma de e-commerce e do aplicativo de descontos, o Mateus Mais. Nem precisa dizer que Sergipe o espera de braços abertos!

Pleno pode ficar maior

A Assembleia aprovou em 1º turno a Proposta de Emenda à Constituição autorizando o Tribunal de Justiça de Sergipe altear a sua composição, formada hoje por 13 desembargadores. Após a aprovação completa da PEC, o TJ pode, se desejar, enviar um Projeto de Lei ao Legislativo aumentando o tamanho de seu Tribunal Pleno. Pelo que se sabe, no Judiciário há divergências sobre ampliar ou não o atual número de desembargadores. Vixe!

Defesa dos ônibus

Presidente da Frente Nacional dos Prefeitos, Edvaldo Nogueira (PDT) esteve em Brasília tentando agilizar a votação do Projeto de Lei concedendo subsídio ao transporte coletivo. O gestor aracajuano saiu empolgado da reunião com o relator do projeto, deputado federal Isnaldo Bulhões Júnior (MDB), que prometeu agilizar o processo para que a votação ocorra na semana que vem. Já aprovado pelo Senado, o Projeto estabelece que o governo federal libere cerca de R$ 5 bilhões para custear a gratuidade dos idosos no transporte público. Aff Maria!

Raso demais

Você sabia que o Terminal Marítimo Inácio Barbosa, na Barra dos Coqueiros, é incapaz de receber grandes navios devido ao seu pequeno calado. Em outras palavras, a área onde foi construído o Porto de Sergipe é rasa demais: 8,30 metros, além da altura da maré, nunca passando de 10,20 metros. Aqui pra nós, é quase um atracadouro para canoas à vela. Cruz, credo!

Eleição cara

Candidatos acostumados a comprar apoio político vão gastar muito dinheiro nas eleições deste ano. Pelo menos é o que garantem alguns chefes políticos do interior de Sergipe. Segundo eles, quem não tiver o que gastar terminará desistindo da empreitada, pois, se insistir, perde a eleição e fica endividado. A venda de votos é crime, mas sempre ocorreu, principalmente nos grotões do Nordeste, onde a classe política ainda enxerga os eleitores como bois encabrestados à disposição de quem pagar mais. Home vôte!

Viva o Forró Caju

A volta do Forro Caju, depois da pandemia da Covid-19, foi festejada pelo vereador aracajuano Soneca (PSD). Segundo ele, o evento vai aquecer a economia local e estimular o turismo, pois muita gente se desloca para a capital visando participar do grande festejo junino. Soneca afirmou que todo mundo ganha com o Forró Caju, inclusive os artistas sergipanos e os vendedores ambulantes que trabalham na festança. É vero!

Impostos em excesso

Enquanto a classe política escusa-se em discutir uma reforma tributária, o cidadão usa mais de 40% da sua renda somente para pagar tributos. Este percentual é um indicativo de que a carga tributária é excessiva, penalizando os trabalhadores e o setor produtivo. Segundo o Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário, quem ganha entre R$ 3 mil a R$ 10 mil paga a maior carga de impostos, 42,62% da renda. Isso faz lembrar aquele velho ditado popular: plante e coma, senão o governo toma. Só Jesus na causa!

Progressistas reunidos

O partido Progressistas realiza, hoje, em Aracaju seu congresso de olho nas eleições deste ano. Será à tarde, no Clube do Banese e vai reunir os filiados de todo o estado. Entre os temas do evento se destacam “Regras para eleições 2022”, “Construção de narrativas” e “Redes Sociais”. Também serão abertos espaços para tratar sobre as mulheres e os cristãos progressistas. Pré-candidato ao Senado e presidente do PP no estado, o deputado federal Laércio Oliveira será a estrela do evento. Ah, bom!

Cuspindo fogo

O pré-candidato a governador Rogério Carvalho (PT) está tiririca de raiva com o Estadão, tudo porque o jornalão paulista divulgou que ele destinou emendas do orçamento secreto para Brasília e a cidade goiana de Vila Boa. Segundo o petista, as emendas em questão tratam de recursos gerais da saúde e contemplam milhares de localidades por este Brasil afora. Rogério ressalta que “procuramos assegurar recursos para todos os municípios de Sergipe atuarem no enfrentamento da pandemia”. Então, tá!

Recorte de jornal

 

 

 

 

 

 

 

 

Publicado no jornal aracajuano Folha da Manhã, em 31 de julho de 1938.

É editor do Portal Destaquenotícias

  Editoria: