Paralisação de condutores de ambulâncias do Samu deixa 13 cidades sem atendimento

Paralisação de condutores de ambulâncias do Samu deixa 13 cidades sem atendimento
março 08 10:09 2018 Imprimir Conteúdo

 

Desde as primeiras horas desta quinta-feira (08), que pelo menos 13 cidades do estado de Sergipe estão sem o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), por conta de uma paralisação dos condutores e técnicos de enfermagem que protestam por conta dos atrasos no pagamento de salários.

As informações são de que eles só retornam ao trabalho quando o pagamento do mês de fevereiro for efetuado. Segundo o Sindicato, ao todo são 59 ambulâncias em todo o estado, sendo que 15 ambulâncias não vão circular por conta da paralisação e outras 21 que já estavam paradas por problemas mecânicos.

  Editoria: