Papai Noel dos Correios Digital – atenção ao prazo para envio de cartinhas

dezembro 03 16:08 2020 Imprimir Conteúdo
Ainda dá tempo de enviar cartinha ao Bom Velhinho e participar do Papai Noel dos Correios 2020. Em Sergipe, o prazo para cadastramento das cartas escritas pelas crianças termina nesta sexta-feira (4). Vale ressaltar que cada estado tem seus prazos, locais e horários de funcionamento dos pontos de entrega de presentes. Todas as informações estão disponíveis no blog da campanha.

Podem participar do Papai Noel dos Correios crianças de até 10 anos de idade e estudantes de escolas públicas escolhidas pelas secretarias de educação, matriculadas até o 5º ano do ensino fundamental, e também crianças acolhidas em creches, abrigos, orfanatos e núcleos socioeducativos parceiros.

Este ano, a ação é 100% online e digital, e o recebimento das cartas está ocorrendo de forma virtual. É necessário cadastrar no endereço blog.correios.com.br/papainoeldoscorreios uma imagem nítida da cartinha, para que a mensagem possa ser lida e compreendida pelo Papai Noel. O cadastro só é válido se for informado, no campo específico de preenchimento, o endereço completo da criança ou escola, inclusive com CEP.

Em todo o país, mais de 70 mil cartas já foram selecionadas e disponibilizadas para adoção, na internet. Cerca de 58% foram adotadas. Ou seja, ainda há muitas chances para padrinhos e madrinhas tirarem os sonhos das nossas crianças do papel.

Para adotar, basta acessar o blog da campanha, clicar em “Adotar agora” e seguir os passos. Com base na localidade informada, serão disponibilizadas as cartinhas e as sugestões de locais para entrega dos presentes. Em Sergipe, o prazo para adoção segue até o dia 18, e os presentes devem ser entregues até 21 deste mês, devidamente embrulhados e com o número da carta adotada. Vídeos explicativos com o passo a passo para adoção e dicas para melhor embalar os presentes estão disponíveis no canal oficial dos Correios, no Youtube.

A entrega dos presentes deve ser feita presencialmente nos pontos de coleta, sempre com atenção aos protocolos de segurança – uso de máscaras e distanciamento – para evitar aglomerações.

Espírito de natal – Os pedidos das crianças são dos mais variados: bolas, bonecas, calçados e até materiais escolares. A cada fim de ano, a estatal coloca toda a sua expertise em logística e a força de seus empregados para atender às expectativas desses meninos e meninas, espalhar bondade e conectar corações. Além de incentivar a escrita por meio das cartinhas, a campanha Papai Noel dos Correios ainda propaga, entre as crianças, valores como solidariedade e esperança.

A ação natalina mais querida do país, em seu formato digital, está criando novos conceitos e atitudes entre padrinhos e madrinhas de todo o país. A campanha deste ano busca, principalmente, manter o espírito de natal e mostrar à sociedade que é necessário estarmos juntos, mesmo em uma situação tão peculiar como esta que estamos vivenciando.

Por isso, para conseguir o máximo de adoções possível, os Correios contam, mais uma vez, com a participação voluntária dos brasileiros nessa grande corrente do bem, com objetivo de atender, dentro do possível, aos pedidos de presentes daqueles que se encontram em situação de vulnerabilidade social.

Coordenação de Comunicação/SE
  Editoria: