Painel Covid-19 disponibiliza informações detalhadas sobre a pandemia em Aracaju

dezembro 17 07:32 2020 Imprimir Conteúdo

Disponível para toda a população desde 1º de outubro, o Painel Covid-19, implantado pela Prefeitura de Aracaju e gerido pela Secretaria Municipal da Saúde (SMS), se constitui importante ferramenta de gestão para monitoramento dos casos da doença na capital sergipana e adoção de medidas de enfrentamento da pandemia do novo coronavírus.

Desenvolvida pela administração municipal por meio de uma parceria da Coordenação Geral de Inovação e Tecnologia junto à Superintendência de Tecnologia de Informação da Universidade Federal de Sergipe (UFS), a ferramenta pode ser acessada no portal da Prefeitura, no endereço eletrônico https://transparencia.aracaju.se.gov.br/prefeitura/covid19/.

“Com as informações disponíveis no Painel, a população pode ter uma visão ampliada do comportamento da doença em nossa cidade e tomar as devidas precauções. A depender de onde reside, pode ver quantas pessoas do seu bairro estão internadas por complicações da covid-19, neste momento, ou verificar se o índice de isolamento da região onde mora está alto ou baixo. Ou seja, essa é mais uma ferramenta que a Prefeitura oferta à população com o intuito de melhorar ainda mais a eficiência no combate ao coronavírus em Aracaju”, explica a secretária da Saúde de Aracaju, Waneska Barboza.

O Painel Covid-19 compila todas as informações sobre a doença desde o início da pandemia. São dados coletados do Ministério da Saúde e das secretarias estadual e municipal da Saúde. Por esta ferramenta, qualquer cidadão pode ter acesso, por exemplo, à quantidade de óbitos registrados na capital, em decorrência da covid-19, em qualquer mês ou dia; ocupação de leitos de UTI e de enfermagem; monitoramento geral dos internados, além da média móvel.

Informações

Em oito páginas, o Painel apresenta, na primeira delas, dados gerais sobre a covid em Aracaju, como a quantidade de casos confirmados, suspeitos, quantidade de óbitos, recuperados e casos ativos. Utilizando gráficos, para melhor visualização e entendimento, a página inicial apresenta também o número de óbitos por faixa etária, a evolução dos óbitos, divididos em novos e acumulados, além da porcentagem de testes positivados, pacientes recuperados e taxa de letalidade.

As páginas subsequentes são divididas em: painel de monitoramento geral dos internados, com detalhamento de leitos, e hospitais; painel de ocupação nas enfermarias do Sistema Único de Saúde (SUS) Municipal, com a quantidade de leitos disponíveis em cada unidade, assim como a ocupação pediátrica e adulta; painel de ocupação UTI, separando UTI pública, UTI privada e taxa de ocupação geral.

Os próximos dados do painel são da evolução da doença, apresentando a quantidade de testes realizados por tipo, coeficiente de mortalidade, coeficiente de incidência de casos, entre outros dados.

Para os cidadãos que desejam saber como está a situação do vírus em seu bairro, a ferramenta disponibiliza uma página específica para esse filtro de monitoramento, com informações sobre casos ativos, confirmados, internados e o índice de incidência. É possível acompanhar, pelo Painel, as médias de isolamento social.

Foto: André Moreira

  Editoria: