Nova  variante do coronavírus traz mais riscos e preocupa os sergipanos, diz Lacen

Nova  variante do coronavírus traz mais riscos e preocupa os sergipanos, diz Lacen
janeiro 29 15:56 2021 Imprimir Conteúdo

 

O Ministério Público de Sergipe, por meio da Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor de Aracaju, oficiou a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) para que forneça informações de quantos profissionais de saúde da rede privada foram vacinados e se eles estão atuando na linha de frente no atendimento à Covid-19.

Com o início do processo de imunização em Aracaju e a seleção de trabalhadores em razão do número insuficiente de doses disponibilizadas, a Promotoria de Justiça instaurou Notícia de Fato (número 10.21.01.0016). O intuito é acompanhar o procedimento vacinal na rede privada e verificar se a vacinação tem sido executada em obediência a uma lista nominal de trabalhadores, previamente encaminha pelo hospital ao gestor de saúde.

A rede privada deve enviar à SMS informações sobre os critérios de prioridades, considerando os riscos, notadamente o nível de exposição laboral, comorbidades e idades dos profissionais que já foram vacinados.

Ministério Público de Sergipe

 

  Editoria: