No 1º semestre, foram compensados mais de 855 mil cheques em Sergipe

No 1º semestre, foram compensados mais de 855 mil cheques em Sergipe
julho 28 08:18 2018 Imprimir Conteúdo

Análise realizada pelo Boletim Sergipe Econômico, parceria do Núcleo de Informações Econômicas (NIE) da Federação das Indústrias do Estado de Sergipe (FIES) e do Departamento de Economia da UFS, com base nos dados do Banco Central, revelou que foram compensados mais de 855 mil cheques em Sergipe, no primeiro semestre deste ano.

Em termos de movimentação financeira, sem considerar o efeito da inflação, os cheques compensados totalizaram pouco mais de R$ 2 bilhões, assinalando retração de 1,8% em relação ao mesmo período de 2017.

Cheques devolvidos e sem fundos

No período analisado, o número de cheques devolvidos no Estado ficou em 125,8 mil. Em números financeiros, sem considerar o efeito da inflação, a quantia devolvida somou R$ 364,3 milhões.

Dentre os seis motivos de devolução de cheques elencados pelo Banco Central, existem aqueles que não são compensados pela falta de provisão de fundos, os chamados cheques sem fundos.

Em relação a essa modalidade, foram contabilizados 108,6 mil cheques, abrangendo 86,3% do total de devolvidos. Em valores financeiros, o somatório dos cheques sem fundos ficou em R$ 293,6 milhões, compreendendo 80,6% do valor total dos cheques que foram devolvidos.

NIE/FIES

  Editoria: