Ninguém se elege só com apoio de prefeitos

Ninguém se elege só com apoio de prefeitos
maio 25 08:13 2022

Por Adiberto de Souza *

Cabos eleitorais e assessores festejaram o grande número de pessoas na festa de lançamento da pré-candidatura a governador do deputado Fábio Mitidieri (PSD). A forma entusiasmada como os partidários do pessedista destacaram a presença de quase 30 prefeitos no evento, deu a entender que para eles somente com este apoio a eleição do fidalgo são favas contadas. Ledo engano! É bom Mitidieri não sentar à sombra já pensando na festa da posse, pois o buraco é bem mais embaixo. Para quem não lembra, na campanha de 2018, o candidato a senador André Moura (UB) recebeu o apoio de quase 50 prefeitos sergipanos, porém quando as urnas foram abertas o distinto estava derrotadinho da Silva Xavier. Portanto, o pré-candidato governista não deve esquecer que em política, trair e coçar é só começar. Crendeuspai!

Nada se define agora

Os pré-candidatos majoritários devem saber que todo e qualquer entendimento político feito agora, pode sofrer mudanças até as eleições de outubro. As conversas de momento visam estreitar as relações e apalavrar a compra dos currais eleitorais. Como sabem que estão sujeitos à traição, os políticos clientelistas evitam bater o martelo quanto ao preço do “rebanho”. Os mais cautelosos juram que quem não souber tanger o gado vai dar com os burros n’água e morrer na praia. Misericórdia!

Palanque vermelho

“Em nosso palanque não haverá espaço para quem não estiver com Lula”. O alerta é do presidente estadual do PT, deputado federal João Daniel. Entrevistado pelo blog Primeira Mão, o líder petista afirmou que em Sergipe “só temos uma pré-candidatura ao governo, que é liderada pelo senador Rogério Carvalho”. Segundo João Daniel, os demais postulantes ao governo, a exemplo do que representa o bloco da situação, não assumem que apoiam à reeleição do presidente Bolsonaro, “mas são aliadas de primeira hora aos bolsonaristas”, completou. Cruz, credo!

Grana a caminho

O governo de Sergipe começa, na próxima sexta-feira, a pagar a folha salarial deste mês. Neste dia, recebem a ninharia os aposentados e pensionistas. Já na próxima segunda-feira, vão receber seus respectivos salários os servidores ativos da Secretaria de Estado da Saúde e suas fundações, além do pessoal da Educação. As demais secretarias, empresas, autarquias e fundações recebem na próxima terça-feira. Junto à folha, o governo paga, também, os 50% do 13º salário para os aniversariantes deste mês. Menos mal, né?

Novo prefeito

Pelas próximas duas semanas, Aracaju será governada pelo vereador Vinícius Porto (PDT). Ele substituiu o prefeito Edvaldo Nogueira (PDT), que tirou férias e se ausentará da cidade pelo período de 14 dias. Vinicius assumiu a gestão da capital porque a vice-prefeita Katarina Feitoza (PSD) e o presidente da Câmara Municipal, vereador Nitinho Vitale (PSD), estão impedidos por serem pré-candidatos a deputado federal. Os dois pessedistas também se ausentaram de Aracaju para não substituir Nogueira. Neste período, o Legislativo será presidido pelo vereador Fabiano Oliveira (PP). Então, tá!

Cadê o Movimento?

Alguém sabe que fim levou o Movimento Polícia Unida? Em fevereiro passado, quando lutavam pelo adicional de periculosidade e por reajuste salarial, os policiais civis e militares desenvolveram uma operação padrão, promoveram apreensões de material do jogo do bicho e até tiraram de circulação alguns ônibus irregulares. Depois que o governo concedeu um mísero reajuste salarial, o Movimento Polícia Unida sumiu das ruas e da mídia. Por que será? Vixe!

Crítica sutil

Embora no mesmo barco, Jackson Barreto (MDB) e André Moura (UB) não deixaram de se olhar meio atravessados. Os dois não se batem desde 2018, quando se digladiaram feio na disputa pelo Senado. Ao fim, ambos perderam para Alessandro Vieira (PSDB) e Rogério Carvalho (PT). Pois bem, de lá pra cá, sempre que podem, um fustiga o outro. Agora mesmo, ao ser entrevistado por uma emissora de Itabaiana, André não citou nomes, mas lembrou “as promessas sem compromissos que terminaram endividando o governo, impedindo o estado de pagar a folha dos servidores em dia e permitindo que as rodovias tivessem sido destruídas”. Ora, quem entregou o estado em petição de miséria ao governador Belivaldo Chagas (PSD) foi justamente Jackson Barreto. Home vôte!

Educação desigual

A situação educacional de jovens com idade entre 15 e 29 anos é um misto de avanços, problemas e desafios, de acordo com estudo divulgado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada. A pesquisa alerta que o processo de escolarização da maioria dos jovens ainda é marcado por oportunidades limitadas e que, no Brasil, prevalecem expressivas desigualdades educacionais entre ricos e pobres, brancos e não brancos, e moradores de áreas urbanas e rurais e das diferentes regiões. Só Jesus na causa!

Viva os ciganos

Em evento realizado na Escola do Legislativo, em Aracaju, foi lançada a 1ª Coletânea Cultural do Povo Cigano de Sergipe. Pela primeira vez, a comunidade de ciganos no estado, formada por cerca de 3,7 mil pessoas, pôde celebrar sua identidade cultural. Segundo o deputado Iran Barbosa (Psol), a solenidade objetivou contribuir para reduzir o processo de invisibilização do povo cigano, que tem sido, ao longo da história, marcado pela criminalização do seu modo de viver e pela exclusão da sociedade. É vero!

Primeira federação

A Justiça Eleitoral aprovou, ontem, o primeiro pedido de constituição de uma federação partidária, após a criação do instituto pela Reforma Política de 2021. O PCdoB, o PT e o PV integram a Federação batizada de Brasil da Esperança. Durante os quatro anos da próxima legislatura (2023-2026), as três legendas atuarão em conjunto como um único ente partidário. Dia 31 próximo é a data final para que as federações partidárias que pretendam participar das eleições de outubro obtenham o registro do estatuto no Tribunal Superior Eleitoral. Então, tá!

Mais uma TV em Sergipe

Sergipe vai ganhar mais uma emissora de televisão com sinal aberto: é a TV UFS. A inauguração será no próximo dia 31, em solenidade agendada para às 9 horas, no Auditório das Reitoria. O diretor da nova emissora, jornalista Marcos Cardoso, informou que a programação da TV UFS será predominantemente local e abordará temas relacionados à Universidade Federal de Sergipe e ao estado como um todo. Segundo Cardoso, a equipe de comunicadores está pronta e com muita vontade de fazer a nova TV acontecer. Supimpa!

Recorte de jornal

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Publicado no jornal aracajuano O Imparcial, em 26 de junho de 1919.

É editor do Portal Destaquenotícias

  Editoria: