Musical “Desconto”é uma das atrações gratuitas do Aldeia Sesc

Musical “Desconto”é uma das atrações gratuitas do Aldeia Sesc
agosto 22 11:13 2018 Imprimir Conteúdo

Musical da Cia das Artes Tetê Nahas será apresentado neste sábado dia 25 as 20h00 no Sesc Centro

O musical “Desconto”, da premiada ‘Cia das Artes Tetê Nahas, é a atração deste sábado do evento Aldeia Sesc, promovido pelo Sesc e que tem por objetivo promover o diálogo entre a pluralidade das manifestações culturais e artísticas que circulam em Sergipe e intercambiá-las com a produção de grupos nacionais.A peça será apresentada nesse sábado, 25 de agosto, as 20h00 no Sesc Centro. A entrada é franca.

DESCONTO – O espetáculo é inspirado na obra de Nelson Rodrigues, baseada em fatos reais e uma livre adaptação de contos de Carlos Cauê, com trilha sonora original de Sena. A obra promete bastante polêmica porque, segundo a atriz e bailarina e diretora do espetáculo, Tetê Nahas, os temas abordados são fortes. “ Tratamos de machismo, abuso sexual, violência doméstica, homofobia e incesto. Desconto é resultado de pesquisas, impressões, expressões, reflexões, lamentações, porque não dizer, revolta. É um grito silencioso, um pedido de Socorro a sociedade. Sem Apontar culpados e ao mesmo tempo, mostrando as “ razões” irracionais que levam a esses atos e também como uma família se destrói e se reergue ao passar dos anos”, explica a diretora.

O processo foi iniciado em 2013 através de leituras de texto, entre eles, alguns contos do livro “ Contos de Vida e Morte” de Carlos Cauê. “ Há muito tempo eu trabalhos os contos de Cauê com meus alunos. Dessa vez eu trouxe para a Companhia também como exercício de atuação, e seguimos, fundindo histórias, reiventando-as e acrescentando-as, com muito exercício de improvisação para chegarmos “ no ponto” em 2017” detalha Tetê. Ainda segundo Nahas, a escolha das músicas também foi um caminho natural “ A gente teve uma fase que tínhamos apenas um esboço do texto e faltava as músicas. Convém lembrar que em musicais, são as músicas o ponto alto dos personagens em que eles expressam ações e sentimentos. Ouvimos de tudo, até que chegamos ao meu amigo Sena. Encaixamo-as ao texto e formatamos a peça”.

Para Sena, que este ano comemora 30 anos de carreira, foi uma grata surpresa. “ Tetê é uma amiga querida e ligou para minha esposa pedindo o play back, eu achava que era para um coral. Até que um dia ela nos convidou para assistir a um ensaio e eu fiquei muito surpreso, primeiro porque nunca pensei que as minhas músicas, que são reflexo do que eu vivo, pudessem integrar um espetáculo teatral, segundo que elas se encaixassem tão perfeitamente a história e terceiro pela forma totalmente original e inovadora que essa peça será apresentada, Rapaz, eu não pensei duas vezes e me disponibilizei para além de integrar a trilha, tocar durante a peça. Será uma experiência completamente nova para mim”, relata Sena.

A COMPANHIA DAS ARTES TETÊ NAHAS – A Cia das Artes Tetê Nahas é uma companhia teatral sergipana fundada em 2002 pela atriz e bailarina Tetê Nahas, com o objetivo de unir, dança, teatro e música numa só pulsação. Mais que isso, a companhia surge com a proposta de incentivar através das obras artísticas a reflexão, educação e sátira social. O primeiro espetáculo montado foi o musical “ O Corcunda de Notre Dame” que estreou em dezembro de 2012. Em 2013, o grupo foi contemplado pelo Premio Myriam Muniz 2013, do Ministerio da Cultura e com isso, realizou em 2014, uma turnê por capitais do nordeste e sudeste do país, a exemplo de Belo Horizonte, Rio de Janeiro e São Paulo. Na capital paulista, o grupo recebeu mais um prêmio, o de recorde de publico no Teatro Pablo Ollala, da prefeitura de São Paulo. Em 2015, o grupo monta o espetáculo “ Todo Dia” e “ Nonatal” e em 2016 se dedica a montagem de ‘”Desconto”, peça que marca os 50 anos de vida da atriz, 45 anos de carreira e 5 anos de Companhia.

ATRIZ E BAILARINA TETÊ NAHAS -Tetê Nahas nasceu em Aracaju, nos anos 60. Por intermédio de um vizinho e amigo, aos 5 anos, começou a fazer teatro, com pequenas participações, recebendo aulas e ensinamentos do também ator e bailarino Bosco Scaffs. A estréia foi no infantil “ As ave de Jujuba e Teteca”, apresentado em uma escola pública de Aracaju, com produção do grupo Grifacaca. Ainda adolescente, nos anos 70 e 80, participou como atriz e bailarina de todas as produções do Grupo Check UP, comandado por Bosco Scaffs. “ Inri o ato da Iluminação”, “Assinax” e “ Original até certo ponto” foram alguns dos espetáculos que participou. Paralelo ao teatro, ingressou em grupos de dança, a exemplo do Raça Real, do Balé Municipal de Dança Contemporânea e uma curta passagem pela Academia Iracema Maynard. Ainda nos anos 80, integrou o Grupo Teatral Imagem e o Grupo Asas de Teatro, sendo que no primeiro, estreou como coreógrafa e no segundo, como iluminadora. Foi nesse período que começou a carreira de cantora, com participação na Banda Zé Íedo, de músicas folclóricas, no show Pixaim e como Backing Vocal de Tonho Baixinho, Neu Fontes e outros cantores. Em 1991, prestes a completar 25 anos e já trabalhando como professora de teatro na rede municipal, Tetê recebe o convite para integrar o Grupo Teatral Imbuaça, onde participa de produções por 17 anos. Foram inúmeras experiências positivas com o grupo, como a participação como professora na Universidade de Cuba, diversos prêmios e críticas positivas, temporada em Portugal e peça com Marília Pêra. Em televisão, Tetê se destacou com sua participação na minissérie global “ Tereza Batista” de 1992 e entre 2003-2013 participou do quadro “São João da Gente” da TV Sergipe com a personagem Urânia. Desde 2008, tem se dedicado aos cursos de formação de atores e direção de espetáculos musicais. “ Os Saltimbancos”, “ O mágico de OZ”, “ A Paixão de Cristo”, “ Alerquim Servidor de Dois Amos” e outros. Em 2012 monta “ O Corcunda de Notre Dame”, na própria companhia de teatro que leva seu nome. O espetáculo marca as comemorações dos 40 anos de carreira da artista e o investimento em um novo segmento artístico: o teatro musical.

Fonte e foto assessoria

  Editoria: