Municípios sergipanos economizam R$ 25,5 milhões em licitação por Consórcio

Municípios sergipanos economizam R$ 25,5 milhões em licitação por Consórcio
fevereiro 04 10:55 2021 Imprimir Conteúdo

 

Com a finalização do Pregão Eletrônico 07/2020 realizado pelo Consórcio Intermunicipal do Vale do São Francisco (CONIVALES) os municípios integrantes alcançaram, no total, uma economia de mais de R$ 25,5 milhões. A licitação serviu para a aquisição de 245 tipos de medicamentos, cujo valor inicial das propostas era de pouco mais de R$ 80 milhões. Esse valor chegou a R$ 62,1 milhões ao final das propostas, sendo reduzido para R$ 54,6 milhões após negociação.

“Trata-se de uma grande conquista para os municípios consorciados ao CONIVALES. O resultado do pregão mostrou que é possível garantir agilidade e economia. Foram 245 itens licitados e, ao final, economizamos mais de R$ 25,5 milhões para os cofres municipais. Teremos 25 empresas fornecedoras de várias partes do país, e toda a logística de distribuição será realizada pela Consórcio. Com a crise sanitária causada pela pandemia da Covid-19, sabemos que esse trabalho é cada vez mais essencial para garantir eficiência e maiores cuidados com cada cidadão”, destacou o presidente do Consórcio, Franklin Freire, prefeito de Amparo do São Francisco.

Segundo o presidente, em comparação com o elenco anterior de medicamentos para a Atenção Básica, o CONIVALES passa a ofertar 88 novos itens e 114 remédios foram registrados com valores abaixo do homologado pelo Consórcio em 2019. Franklin Freire informa ainda que alguns itens que não obtiveram cotação na fase inicial do procedimento licitatório, desertos e fracassados, serão relicitados.

“Na Programação de Compras nº 02/2021, além desta relação, ofertaremos também um elenco de medicamentos que foi construído embasado nas REMUMES (Relação Municipal de Medicamentos Essenciais) das cidades que integraram o CONIVALES. Esta lista está em processo de licitação e assim que finalizados todos os trâmites, os associados serão informados”, explica.

TEXTO E FOTO POR ASCOM/CONIVALES

 

  Editoria: