Mércia Feitosa pede a secretários de saúde que redobrem os esforços na vacinação contra Influenza no estado de Sergipe

Mércia Feitosa pede a secretários de saúde que redobrem os esforços na vacinação contra Influenza no estado de Sergipe
abril 27 16:05 2022

 

A secretária de Estado da Saúde, Mércia Feitosa, pediu aos secretários municipais de Saúde que redobrem os esforços e mobilizem suas equipes para ampliar a vacinação contra Influenza nos grupos prioritários. A solicitação, feita na manhã desta quarta-feira, 27, durante assembleia do Conselho de Secretários de Saúde de Sergipe (Cosems), realizada no Quality Hotel, tem como base a baixa cobertura vacinal.

A campanha de vacinação contra a Influenza teve início no último dia quatro e segue até dia 30, quando acontecerá o Dia “D” de Vacinação. “Estamos há quase um mês de vacinação de idosos e para este grupo Sergipe tem atualmente uma cobertura vacinal de 28.6%. Esta é uma situação crítica. Por isso, temos que discutir aqui o que faremos para resgatar essa população e trazê-la para a imunização, porque o idoso sempre será o nosso alvo para a vacinação contra a Influenza”, refletiu a secretária.

O outro grupo prioritário desta primeira fase da campanha são os trabalhadores da saúde que, segundo Mércia Feitosa, estão em situação semelhante, com uma cobertura vacinal de 21.7%. Lembrou a secretária que a cobertura recomendada pelo Ministério da Saúde é de 90%, mas embora distante desse marco, Sergipe ocupa a sexta posição no ranking nacional de vacinação contra a Influenza, e a primeira do Nordeste.

Mércia Feitosa enfatizou para os secretários municipais de Saúde que a pauta de imunização precisa estar sempre nas decisões da gestão e das equipes. “Hoje, a vacinação é a principal ferramenta de combate às doenças imunopreveníveis. A vacina contra a Influenza é conhecida, vem sendo utilizada há muitos anos e nos apresentou um cenário favorável. Depois que esta vacina foi incorporada ao Plano Nacional de Imunização (PNI) nós acompanhamos a redução de internações em idosos. E isso a gente não pode perder do radar”, finalizou.

Covid-19

Ao reforçar a importância da imunização, Mércia Feitosa citou o cenário da Covid-19 em Sergipe, ressaltando a queda acentuada do número de casos novos, das internações e a não ocorrência de óbitos nos últimos quatro dias. Mesmo assim, a secretária chamou a atenção dos municípios para a baixa cobertura do segundo reforço. Os dados do Programa Estadual de Imunização apontam que 95% dos municípios não vacinaram nem 50% da população maior que 70 anos com esta quarta dose. Lembrou que 100% das vacinas para este grupo prioritário foram entregues aos municípios a partir do dia 25 março.

Foto: Flávia Pacheco

  Editoria: