Márcio Macedo diz que tem convicção de que seu mandato será restituído

junho 05 08:25 2022

 

Afastado na sexta-feira (03) da Câmara Federal, pelo presidente da Casa, deputado Arthur Lira (PP), para dar posse às pressas a Valdevan Noventa (PL), o suplente Márcio Macedo (PT) emite nota e diz que “à vista da decisão liminar proferida pelo eminente ministro Nunes Marques, nos autos da Tutela Provisória Antecedente nº 41, dando ensejo a meu momentâneo afastamento da Câmara dos Deputados, esclareço que:

Tenho, assim, a plena convicção de que meu mandato será restituído em curto espaço de tempo, em respeito à nossa Constituição e à lei, para que prevaleça, em caráter definitivo e soberano, a vontade popular.

A minha luta é em defesa do voto popular e do respeito à democracia representativa, que me fez Deputado Federal pelo Estado Sergipe”.

  Editoria: