Machado afirma que “ter o nome de Valadares filho como vice seria um sonho”

Machado afirma que “ter o nome de Valadares filho como vice seria um sonho”
janeiro 30 13:53 2018 Imprimir Conteúdo

Em entrevista ao Jornal da Cidade, o engenheiro e ex-deputado federal José Carlos Machado (PSDB) falou sobre as possibilidades de eleição do bloco da oposição, que hoje reúne como principais nomes os senadores Eduardo Amorim e Antônio Carlos Valadares e o deputado federal André Moura.

Para Machado, os nomes são bons e podem compor uma excelente chapa, independentemente da escolha para o principal cargo, que é o de governador. Mas Machado reconhece que ter o nome de Valadares Filho, filho do senador Valadares, como vice na chapa seria um “sonho”.

“É o sonho da oposição, pois contemplaria a ambos”, disse ele. Porém, segundo Machado, não há nada definido ainda nesse sentido. Aliada aos bons nomes que a oposição apresenta, Machado vê a situação do governo atual como um ponto a favor do bloco oposicionista.

“Um governo com baixa popularidade, com crise econômica irreversível e sem solução”, justifica Machado. Aliás, esse é um ponto que o preocupa muito, já que o Estado passa por uma profunda e crescente crise e que, até o momento, o Governo não conseguiu resolver.

“Nem essas novas medidas anunciadas na semana passada conseguirão barrar essa crise. Não adianta ir só para procissão, não. É preciso saber o que Sergipe precisa para sair dessa crise que se abateu sob o Estado e vem se agravando cada vez mais”, critica.

Mas o fato é que, para o ex-deputado federal, o importante mesmo é a que oposição permaneça unida. “Luto para que esta aliança seja mantida e que, assim, cheguemos a um entendimento”, frisa Machado.

Ele também falou sua pré-candidatura a deputado federal. “Vou analisar e aguardar a decisão do grupo. Não posso me aventurar”, diz. Segundo Machado, as tratativas com o senador Amorim, que preside o PSDB em Sergipe, estão avançando e há chances de ele permanecer e lançar uma candidatura pelo partido. Engana-se quem pensa que Machado está parado. “Estou trabalhando, conversando com lideranças do interior e da Capital”, avisa.

Foto Ascom JCM

  Editoria: