Liberalismo em Sergipe: jovens estudantes realizam projetos

janeiro 06 09:39 2021 Imprimir Conteúdo

 

Atualmente, há no Sergipe cinco projetos do Libertylab, desenvolvidos por jovens estudantes coordenadores do SFLB (Students For Liberty Brasil), que visam expandir conceitos sobre o liberalismo na região. É de São Cristóvão o projeto LiberTalks e são de Aracajú os projetos Liberty-se, grupo de estudos Ayn Rand, Estácio Livres e Encontro com a Liberdade.

O LiberTalks, de São Cristóvão, visa atrair mentes que se interessem por temas de liberdade, mas que ainda não conhecem seus ideais e pensadores. Da forma mais descontraída possível e em formato de conversa, será desenvolvido um podcast para abordar temas atuais com convidados com conhecimento e experiência.

O Liberty-se, de Aracaju, visa a defesa intransigente da liberdade – tanto individual, quanto econômica e de expressão. Busca se posicionar de forma incisiva contra qualquer repressão da liberdade, como aumento de impostos, burocracia, cerceamento da liberdade de opinião e de imprensa e contra outras investidas estatais na vida dos cidadãos.

Já o grupo de estudos Ayn Rand, de Aracaju, pretende se tornar o maior grupo estudantil liberal da Universidade Federal de Sergipe, buscando agregar estudantes, professores e o público externo através de eventos, ações de marketing e de promoção do pensamento liberal em prol de uma universidade mais livre.

O projeto Estácio Livres, de Aracaju, foi criado com o intuito de divulgar as ideias sobre liberdade tão pouco difundidas nas universidades brasileiras. Nesse contexto, a atuação e projetos do grupo estão associados a sua forte participação nas redes sociais e dentro dos grupos universitários.

E o Encontro com a Liberdade, de Aracaju, visa fornecer conteúdo informativo e relevante para as pessoas que estão no ínicio da vida profissional para que aumentem a sua empregabilidade. Isto através de aulas, guias e encontros a fim de ensinar jovens sobre como dar os primeiros passos na carreira, bem como aproximá-los de empregadores em potencial. Deve atingir 20 jovens em 2021.

Presente no Brasil desde 2012, a organização tem como propósito educar, desenvolver e empoderar a próxima geração de líderes da liberdade. Sem fins lucrativos, o SFLB é um braço do Students For Liberty, a maior organização estudantil mundial em prol da liberdade, presente em 110 países.

“Os projetos dos nossos coordenadores demonstram o comprometimento com as ideias de liberdade e a vontade de mudança de suas realidades locais. O pensamento global, como incentivado no Students For Liberty, com impacto local é a maneira mais efetiva de construir uma sociedade mais próspera”, afirma Nycollas Sutil Liberato, Diretor Executivo do SFLB.

No Brasil

Tal iniciativa integra um total de 56 ações em diversos estados brasileiros, sendo seis delas em todo o território nacional. Confira:

Projeto de Mapeamento de Soft Skills

Visa desenvolver uma ferramenta inovadora e gamificada, capaz de mapear competências essenciais para o alto desempenho no empreendedorismo, oferecer feedbacks precisos e didáticos para permitir que profissionais interessados em desenvolver negócios próprios tenham maior chance de êxito e, assim, fomentar indiretamente o empreendedorismo no país.

Autogoverno

O projeto visa construir uma plataforma online que aponte as necessidades de cada cidade e permita que os cidadãos se organizem para resolvê-las.

Brasil Empreende Consultoria

Busca facilitar a mobilidade social por meio do empreendedorismo no Brasil e se consolidar como referência de propagação de boas práticas de gestão até 2022.

LiberArq

O projeto visa entregar uma fonte interessante e instigante de conteúdo artístico voltado para os ideais de liberdade, tendo em vista a premissa de que as maiores obras vangloriadas atualmente seguem vertentes mais ligadas ao espectro estatista. A relevância às artes liberais deve gerar um novo olhar a essa categoria, encerrando o velho estereótipo sobre a arte que perpetua até hoje.

UJL

O projeto acredita que a política estudantil é a melhor forma de introduzir o debate público à juventude brasileira. Prezando sempre por diálogo e pragmatismo, pretende universalizar as discussões referentes aos estudantes, defendendo e preservando ideais de liberdade política, econômica, social, de cátedra e religiosa. Almeja também estar presente nas principais organizações estudantis brasileiras, considerando a latente necessidade de representatividade em âmbito acadêmico.

GATE

Visa alcançar pessoas que se identificam como LGBTQ+ e que se identifiquem com as ideias da liberdade, gerando motivação para se em engajem nos núcleos estaduais do SFLB, expandindo assim a comunidade liberal de apoio.

Sobre o Students For Liberty Brasil | https://www.studentsforliberty.org/brasil/

Presente no Brasil desde 2012, a organização é um braço do Students For Liberty, a maior organização estudantil em prol da liberdade do mundo, presente em 110 países. A organização sem fins lucrativos tem como propósito educar, desenvolver e empoderar a próxima geração de líderes da liberdade.

Assessoria de imprensa – Hafiki Comunicação

  Editoria: