Laranjeiras: Vereador JJ denuncia suposta fraude em licitação do lixo

Laranjeiras: Vereador JJ denuncia suposta fraude  em licitação do lixo
agosto 10 10:05 2018 Imprimir Conteúdo

O Vereador José Carlos Sizino Franco (JJ) denunciou na sessão desta quinta-feira, (9), uma suposta fraude na licitação feita pela prefeitura esta semana, da empresa que fará a coleta de lixo em Laranjeiras. De acordo com o representante do legislativo, há indícios de que o processo está viciado e pessoas que fazem parte da equipe da gestão municipal podem ser beneficiadas com propinas. “Assim que as provas concretas chegarem em minhas mãos, vou formalizar a denúncia no Ministério Público e citar as supostas irregularidades na tribuna desta casa”, afirmou o vereador.

Ainda segundo o vereador, este será o próximo escândalo que a população de Laranjeiras vai vivenciar, em menos de dois anos de gestão do prefeito Paulão da Varzinhas. “Como pode a prefeitura fazer um processo de licitação em que, supostamente, já se sabe o nome da empresa ganhadora. O prefeito Paulão vem cometendo irregularidades desde quando não renovou o contrato com a empresa Torre e preferiu pagar mais caro pelos serviços da Remaq, em contrato emergencial de três meses, no valor de R$ 440 mil/mês. Agora que o contrato venceu, foi feita uma licitação no dia 8 de agosto e a mesma empresa deve continuar prestando os serviços por um valor ainda mais caro, no valor de R$ 690 mil. E o pior, pessoas da gestão municipal podem estar sendo beneficiadas com este processo supostamente viciado”, destacou JJ.

O representante do legislativo municipal citou ainda diversas outras supostas irregularidades cometidas pela prefeitura de Laranjeiras, a exemplo da falta de transparência dos recursos públicos e a aquisição de novos veículos. “Em 2017, a prefeitura adquiriu 13 novos veículos por um preço de R$ 722 mil. Em pouco mais de um ano, a gestão quer comprar mais 10 carros, mas, desta vez, gastando bem mais, ou seja, um valor de R$ 1,2 milhão. O detalhe é que para este ano, a prefeitura deve adquirir veículos de luxo, como caminhonete Amarok e Toro e FIAT Doblô. É discrepante vê o povo passando fome e o prefeito fazendo farra com o dinheiro público”, frisou.

TDantas Comunicação/ASCOM CML.

  Editoria: