Laércio participa do Workshop Abradee sobre a importância do Setor Elétrico Brasileiro

Laércio participa do Workshop Abradee sobre a importância do Setor Elétrico Brasileiro
novembro 13 05:23 2019 Imprimir Conteúdo

 

O deputado federal, Laércio Oliveira, participou como representante da Câmara Federal, do “Workshop Abradee sobre a importância do Setor Elétrico Brasileiro”, que aconteceu na segunda-feira, dia 11, na sede da Energisa em Aracaju.O evento foi promovido pela Associação Brasileira de Distribuidores de Energia Elétrica (Abradee), justamente para discutir a importância e o futuro do setor elétrico no Brasil com o apoio das duas distribuidoras em Sergipe, a Energisa e a Sulgipe.

O workshop abordou a atuação das distribuidoras sergipanas e pautou elaboração de uma agenda legislativa voltada para evolução do setor elétrico brasileiro. “Esse momento é muito bom e esse debate qualificado é importante e a gente sai daqui entendendo um pouco mais sobre o setor. Tenho o privilégio de atuar na Comissão de Minas e Energia e tenho participado um pouco dessa discussão. Creio que a gente precisa ter clareza nos nossos posicionamentos para que a sociedade enxergue, de fato, o que está por traz dos serviços, como impostos e tributos, que chegam por uma empresa, que no nosso caso aqui temos a Sulgipe, uma empresa do nosso estado e a Energisa, que também orgulha a gente, já que lembramos como era a Energipe e hoje temos um serviço bem melhor. Então, nesse contexto nosso estado está muito bem contemplado. Precisamos ficar atentos ao que está acontecendo nacionalmente e trazer sempre um debate qualificado, mas acima de tudo trazendo clareza aos debates para que ninguém saia prejudicado. Precisamos falar da energia solar, eólica, da termoelétrica, que é muito importante para nosso estado”, explicou o deputado federal, Laércio Oliveira.

O diretor-presidente da Energisa em Sergipe, Roberto Carlos Pereira Currais, mostrou a estrutura da empresa, projeto social, prejuízos das fraudes e furtos de energia, investimento realizados de R$ 83,7 milhões em 2019, mostrou a composição da tarifa de energia, dentre outros temas. Assim também fez o presidente do Conselho da Sulgipe, Ivan Leite, falando sobre a demanda da empresa, os municípios atendidos em Sergipe e na Bahia, como começou a Sulgipe e todo trabalho realizado.

O setor elétrico é composto por geradoras, que produzem energia da matriz hidráulica, eólica, solar ou termoelétrica; transmissoras que transportam a energia para o centro de consumidores e a distribuidoras que levam a energia até a casa do cliente.

O Governo Federal estimulou os consumidores a optarem pela energia solar em 2012 com a resolução 482, mas hoje quando a sociedade prioriza o investimento nessa área, o governo propõe uma alteração que vai dar uma freada na expansão do setor. Isso tudo precisa ser analisado com muita cautela por todos os envolvidos no processo, seja na Câmara Federal ou no Executivo.

O assessor jurídico da Abradee, Wagner Ferreira, fez uma vasta apresentação sobre o trabalho da Associação no Congresso, participando de várias comissões e audiências públicas. “Agradecemos o empenho do deputado Laércio para entender essas demandas do setor e pelo trabalho realizado na Câmara e agradecemos pela presença de todos da classe política que participaram, como o vereador Nitinho e o deputado estadual, Luciano Pimentel”, citou.

Foto assessoria

Por Elenildes Mesquita

  Editoria: