Jucese é a mais rápida do mês de março no registro de empresas

abril 11 08:28 2022

Depois de receber a missão do governo do estado de focar na desburocratização, a Junta Comercial de Sergipe (JUCESE) vem despontando entre as mais ágeis do Brasil. E no mês de março ficou com a primeira colocação como a Junta mais rápida de todo o país no registro de um contrato social. Com o tempo de 4 horas e 44 minutos, deixou os estados do Pará e do Piauí com a segunda e terceira colocação, respectivamente.

O objetivo é de desburocratizar, de reduzir o tempo de abertura de uma empresa e o tempo de acesso do usuário. Vale lembrar que estas mudanças eliminam a obrigatoriedade de imprimir duas vias de uma papelada enorme e de deslocamento até a Junta. Gerando economia e praticidade para os clientes.

O resultado positivo passa por vários setores da Junta, que trabalham como pequenas peças fazendo com que toda a engrenagem funcione perfeitamente. O trabalho é iniciado na T.I (Tecnologia da Informação), onde foram feitos os avanços tecnológicos e as facilitações para a otimização desse tempo. Além disso, passa pelo setor de atendimento, o Call Center, que é completamente preparado para dar a assistência que cada processo necessita. A entidade ainda oferece um sistema virtual completo, com vídeos tutorias, através do canal no YouTube (https://www.youtube.com/channel/UCONU_INodr4rvLFU15opjqw) contendo o passo a passo para a execução de todos os serviços disponíveis.

As mudanças foram iniciadas em 2019. Em março de 2020, esta modalidade passou a ser a única forma de se registrar uma empresa por conta da pandemia do Covid-19. Todos os receios e comodidades se transformaram é única alternativa. A partir daí as pessoas perderam o medo do novo e mergulharam de cabeça no atendimento virtual. O resultado foi uma grande aceitação, economia e a agilidade dos serviços prestados.

Segundo Marco Freitas, todo o trabalho é feito de forma criteriosa. “Na condição de atual gestor, busquei atender todas as determinações do governo do estado. Desde 2019 abraçamos esta causa e acompanho cada setor, minunciosamente, para que possamos fazer aquilo que nos foi determinado. Claro que vibro demais com a colocação, até porque isso fala muito sobre aquilo que temos como missão”, finaliza.

Os números do ranking são oficiais, coletados através da Rede Nacional para Simplificação de Registro de Empresas e Negócios (REDESIM).

  Editoria: