Juca discute geração de empregos e solução para trevos de Laranjeiras com o DNIT

dezembro 17 15:51 2020 Imprimir Conteúdo

O prefeito diplomado de Laranjeiras, José de Araújo (Juca), continua com uma agenda permanente buscando parcerias futuras para os desafios que enfrentará no município a partir de janeiro do ano que vem. Nesta quinta-feira, 17, ele se reuniu com o empresário Ricardo Santos (Ricardo de Miro) e com o superintendente Regional do DNIT, Alexandre Monteiro.

Com o órgão federal, Juca tratou de dois assuntos. O primeiro foi a construção de uma ligação na BR-101 entre o bairro Mussuca e a sede da cidade, tendo em vista que, atualmente, este acesso só é permitido através do bairro Pedra Branca. Essa intervenção também é considerada essencial para viabilizar um investimento da iniciativa privada, que seria a construção de um posto de combustíveis da Rede Presidente.

Segundo Juca, a atual gestão realizou uma obra sem estudos técnicos, prejudicando, inclusive, a própria rodovia federal, e que agora será preciso encontrar uma outra solução. “A população vem reivindicando uma nova solução, já que, para quem mora na Mussuca, ir até Pedra Branca para retornar à sede de Laranjeiras é muito difícil. Por isso, a parceria com o DNIT é fundamental. Nos propomos a elaborar um projeto e apresentar ao órgão para que a obra seja executada da maneira correta”.

Juca completou ainda que com a urbanização do bairro Mussuca “viabiliza não somente um novo acesso a Laranjeiras, mas um empreendimento que irá gerar novos empregos para a população do município. Além disso, pretendemos reorganizar as barracas localizadas às margens da rodovia, para garantir melhores condições aos vendedores.”

O prefeito também reivindicou do DNIT a urbanização do trevo de acesso à cidade, principalmente com iluminação, já que a noite o local é bastante escuro e representa risco para quem trafega.

Já com o empresário Ricardo de Miro, Juca pretende firmar uma Parceria Público-Privada (PPP) e assim gerar mais empregos para os laranjeirenses. “É preciso criar oportunidades. A nossa intenção com esta PPP é facilitar a instalação de um posto de combustível da Rede Presidente em Laranjeiras e os funcionários contratados serem do próprio município. Não é justo que uma empresa se instale em Laranjeiras e empregue pessoas de fora para trabalhar”, ressaltou Juca.

ASCOM JUCA

  Editoria: