Jairo de Glória comunica apoio a Valmir de Francisquinho a governador

Jairo de Glória comunica apoio a Valmir de Francisquinho a governador
maio 28 07:59 2022

 

Pré-candidato a deputado estadual Jairo de Glória (PP),  informou nesta sexta-feira (27), que “neste momento me sinto obrigado a buscar uma nova via política, unindo-me a pessoas que acredito ter a capacidade de fazer pelo povo de Sergipe e do Sertão”.

Ainda sobre a sua decisão, Jairo disse que: “é com esperança de mudança que “estou com Valmir de Francisquinho (PL)”, ex-prefeito de Itabaiana e pré-candidato a governador de Sergipe pelo Partido Liberal. Jairo vinha conversando com Valmir já há alguns dias, para integrar o seu bloco político e apoiá-lo ao Governo, entendimento que foi fechado nesta sexta.

Jairo explicou que estava vivendo tempos difíceis, ao lados dos “meus amigos e amigas do Sertão, que requeriam decisões urgentes”, que era o de apoiar Francisquinho a governador. Acrescentou que aqueles que há mais de 20 anos estão no poder do Estado, pouco atenderam ao clamor do povo sertanejo.

Ele disse também que desde o seu primeiro mandato, como deputado estadual, “venho lutando por coisas que são essenciais para a nossa região” e citou: a Construção do Rodovia asfáltica de Glória à Gararu; Construção do Rodovia asfáltica de Lagoa da Volta ao Povoado Linda França; Construção do Quartel do Corpo de Bombeiros; Construção do Rodovia asfáltica do Povoado Angico; Criação de uma adutora para levar água bruta para os rebanhos; Reabertura dos matadouros fechados do Sertão e/ou criação de novos; Distribuição das sementes e das horas de trator para o homem do campo; Valorização do Magistério (nossos professores), das polícias civil, militar e bombeiros.

Ele concluiu dizendo que “e estes pleitos, feito por mim, nunca foram atendidos, estão engavetados até hoje. Eu como um representante do povo não posso fechar os olhos para tal situação, pois ela afeta aos meus amigos e amigas que acreditam em mim e quando não existe reciprocidade para com o povo é necessário dar um basta”, concluiu Jairo.

  Editoria: