IV SALS é realizado pela Academia Gloriense de Letras

IV SALS é realizado pela Academia Gloriense de Letras
outubro 01 05:55 2018 Imprimir Conteúdo

 

Na manhã deste sábado, 29/09/18, a Academia Gloriense de Letras (AGL) realizou o IV Seminário das Academias Literárias de Sergipe (IV SALS) no Auditório do Campus Sertão, Nossa Senhora da Glória, com o propósito de reunir as Academias Literárias do nosso estado e discutir a Literatura Sergipana Ontem, Hoje e Amanhã.

O evento contou com a participação de representantes de 18 Academias (Academia Sergipana de Letras, Academia Gloriense de Letras, Academia Maruinense de Letras e Artes, Academia Lagartense de Letras e Artes, Academia de Letras e Artes de Neópolis, Academia Tobiense de Letras e Artes, Academia Dorense de Letras, Academia Canindeense de Letras e Artes, Academia Japoatanense de Letras e Artes, Academia Cristinapolitana de Letras e Humanidades, Academia Brasil-Suiça, Academia Sergipana de Cordel, Academia Propriaense de Letras, Cultura, Artes e Desporto e Academia Literária do Amplo Sertão Sergipano) além de movimentos literários (Movimento de Apoio Cultural Antônio Garcia apresentou Filho, Movimento Via Láctea e Plêiade Cavalo-do-Cão).

O Seminário iniciou com a fala do presidente da Academia Sergipana de Letras (ASL), José Anderson Nascimento, sobre os Perfis Acadêmicos dos membros da ASL e Claudefranklin Monteiro, Membro da Academia Lagartense de Letras e Artes e do Movimento de Apoio Cultural Antônio Garcia Filho, apresentou o trabalho de digitalização do acervo da ASL. A mesa foi coordenada pela pesquisadora e presidente da Academia Maruinense de Letras e Artes, Lúcia Marques.

Em seguida, os participantes assistiram à mesa-redonda Literatura Sergipana Hoje com a temática “A voz da mulher no Cordel”. A mesa foi coordenada pela presidente da Academia Japoatanense de Letras e Artes, Adriana Pinheiro, e as cordelistas Daniela Bento ( Academia Sergipana de Cordel) e Alda Cruz ( Academia Saocristovense de Letras é Artes) explanada sobre o tema.

A Literatura Sergipana Amanhã encerrou a edição com a exposição de Emerson Maciel ( Membro da Academia Laranjeirense de Letras e Artes).

Além dos palestrantes e acadêmicos contamos com a participação da comunidade representada por professores e estudantes. Não poderia faltar ao evento o padrinho-mor de todas as Academias Literárias do interior de Sergipe Domingos Pascoal. Este que desde o princípio apoiou a ideia do SALS e luta constantemente para que as agremiações desenvolvam suas atividades em prol da Cultura, arte e literatura dos seus municípios.

Na ocasião Aderbal Bastos, Membro da Academia de Letras e Artes de Neópolis, lançou o livro “Agridoce melaço de cana e Jabuticabas maduras” e Oviêdo Abreu, Membro da Academia Tobiense de Letras e Artes, lançou seu livro “Verso em prosa de um caipira sonhador”.

É nesse caminho de acolhimento que a AGL tem a grata satisfação de receber a todos e agradecer a cada Academia que aceitou o convite. Agradecemos o apoio da equipe diretiva da UFS Campus Sertão. Esperamos nos encontrar no V SALS em 2019. Vida longa ao SALS!

Carlos Alexandre Nascimento Aragão

Diretor de Eventos da AGL

Foto assessoria

  Editoria: