ITPS dá dicas de segurança para compras de luminárias e brinquedos neste fim de ano

ITPS dá dicas de segurança para compras de luminárias e brinquedos neste fim de ano
dezembro 16 17:04 2019 Imprimir Conteúdo

 

As luminárias natalinas do tipo mangueira e pisca-pisca, que estão entre os principais itens decorativos desta época, não são obrigadas a trazer o selo do Inmetro, mas devem apresentar na embalagem, informações em português sobre tensão, potência máxima do conjunto em watts, além do nome, marca ou logomarca do fabricante ou importador

O Natal se aproxima e com ele, as compras de final de ano. Por isso, o Instituto Tecnológico e de Pesquisas do Estado de Sergipe (ITPS), órgão delegado do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), reúne dicas importantes para auxiliar os consumidores durante a compra e o uso de luminárias natalinas e brinquedos.

As luminárias natalinas do tipo mangueira e pisca-pisca, que estão entre os principais itens decorativos desta época, não são obrigadas a trazer o selo do Inmetro, mas devem apresentar na embalagem, informações em português sobre tensão, potência máxima do conjunto em watts, além do nome, marca ou logomarca do fabricante ou importador.  Por outro lado, os plugues das luminárias devem apresentar o selo do Inmetro, e ter gravados a indicação da tensão nominal em volt (V), potência em watt (W) ou a corrente nominal em ampere (A).

“Na hora de utilizar as luminárias, verifique se a tensão elétrica é compatível com a rede elétrica de sua residência e adequada para o ambiente onde será instalada. Evite ligar muitas luminárias em um mesmo ponto de energia para não sobrecarregar as instalações elétricas e lembre-se que aquelas do tipo mangueira natalina devem estar totalmente desenroladas ao serem ligadas. Outra dica importante é usar um imã para testar a presença de material ferroso na luminária. Se ele fixar na peça, é sinal da presença deste material, o que é proibido, por causa do risco de curtos-circuitos e incêndios”, explica o diretor-presidente do ITPS, Kaká Andrade.

As luminárias natalinas têm baixo consumo de energia, porém, a depender da quantidade e do tempo de uso, podem representar um aumento na conta de luz. “Observar e comparar as informações sobre potência elétrica escritas na embalagem pode representar uma economia no fim do mês. Quanto maior for a potência em Watts (W), maior será o consumo de energia elétrica”, completa.

Operação Papai Noel

Durante os dias 9 e 13 de dezembro, os fiscais do ITPS percorreram as loja do comércio varejista de Aracaju para verificar se luminárias natalinas, brinquedos e bicicletas estão sendo comercializados dentro dos padrões estabelecidos pelo Inmetro. As ações de fiscalização, que fizeram parte da ‘Operação Especial Papai Noel’, culminaram com um saldo de aproximadamente 82 mil produtos fiscalizados. A boa notícia é que não foram encontradas irregularidades. A operação ocorreu simultaneamente em todo o país.

Fonte e foto ITPS

  Editoria: