IML aponta que homem colocado em viatura durante abordagem da PRF de Sergipe morreu asfixiado

IML aponta que homem colocado em viatura durante abordagem da PRF de Sergipe morreu asfixiado
maio 26 11:10 2022

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) confirmou na manhã desta quinta-feira (26), que análise preliminar feita pelo  Instituto Médico Legal (IML) aponta como “asfixia mecânica” uma das causas da morte de Genivaldo de Jesus Santos, 38 anos, que foi imobilizado por agentes da Polícia Rodoviária Federal em Sergipe (PRF/SE) durante a Abordagem.

A asfixia mecânica ocorre quando alguma obstrução ao fluxo de ar entre o meio externo e os pulmões. “Essa obstrução pode se dar através de diversos fatores e nesse primeiro momento não foi possível estabelecer a causa imediata da asfixia, nem como ela ocorreu”, informou o IML.

Ainda segundo o laudo do IML, os sinais e os vestígios presentes indicam de fato a asfixia, mas é necessário um detalhamento maior sobre as circunstâncias do óbito.

O IML informou ainda que realizou necropsia médico forense, sendo coletadas amostras de material biológico. “O material foi encaminhado ao Instituto de Análises e Pesquisas Forenses (IAPF) para elucidar a causa imediata da morte”.

  Editoria: