IFS oferta 1,4 mil vagas em cursos de graduação e técnicos

IFS oferta 1,4 mil vagas em cursos de graduação e técnicos
fevereiro 04 05:19 2021 Imprimir Conteúdo

A partir desta sexta, 05/02, o Instituto Federal de Sergipe (IFS) abre inscrições para o Processo Seletivo 2021.1 destinado ao preenchimento de 430 vagas para cursos de graduação e 970 para cursos técnicos subsequentes, este último voltado para quem já concluiu ou está concluindo o ensino médio. As inscrições são gratuitas e deverão ser feitas de forma on-line, via sistema, até 01º de março. A seleção será feita através de análise do histórico escolar, para os cursos subsequentes, e por meio do boletim do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), nos casos dos cursos superiores.

Para concorrer a uma das vagas, o candidato deve ler atentamente o edital referente à modalidade de curso de seu interesse, preencher o formulário eletrônico de inscrição inserindo: campus, curso e a reserva de vagas. No caso de ingresso para cursos subsequentes, o candidato deve colocar as médias finais dos 1º e 2º anos do ensino médio, ou equivalente, das disciplinas de Português e Matemática. No caso do edital voltado aos cursos de graduação, a seleção será feita com base nas notas de Português e Matemática do Enem (edições de 2011 a 2019).

Ainda no ato da inscrição, será necessário anexar em PDF (arquivo único) os documentos: frente e verso do histórico escolar ou declaração emitida pela Instituição de Ensino contendo as médias do 1º e 2º ano do ensino médio, para os técnicos subsequentes ou boletim do Enem, para a graduação. Além disso, o candidato deve salvar o comprovante de inscrição, pois este número será sua identificação (usuário/login e senha), e, portanto, a única forma de acesso às etapas da seleção.

As oportunidades de vagas são para cursos de graduação nos campi: Aracaju (135), Glória (30), Lagarto (65), Itabaiana (55), São Cristóvão (105), Estância (20) e Propriá (20). Já para os cursos subsequentes, as vagas são destinadas aos campi: Aracaju (425), São Cristóvão (130), Lagarto (80), Estância (80), Propriá (30), Socorro (80), Tobias Barreto (70), Itabaiana (45) e Glória (30).

Método de seleção: histórico e boletim do Enem

Devido à pandemia de Covid-19, tendo o intuito de respeitar o distanciamento social e evitar aglomerações, o IFS trará para esta seleção o formato de avaliação através de históricos escolares para candidatos que pleitearão uma vaga nos cursos subsequentes e pela análise de notas do Boletim do Enem, para aqueles que desejam uma vaga em um curso superior.

A classificação será realizada por ordem decrescente da média aritmética das disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática. Em caso de igualdade de pontos, terá preferência o candidato que obtiver a maior média de português e, em caso de novo empate, tiver mais idade. O resultado preliminar dessa classificação será divulgado no dia 11 de março, com recursos interpostos previstos para os dias 11 e 12 de março, e resultado final publicado em 15 de março.

Heteroidentificação

Nesta edição, os candidatos classificados que se autodeclararem negro (preto, pardo) e indígenas passarão por uma entrevista on-line, por meio da plataforma Google Meet, com uma comissão de heteroidentificação étnico-racial, a qual será responsável por realizar a verificação, avaliação e validação da autodeclaração racial, de acordo com as orientações do item 9 dos editais deste certame.

Essa comissão analisará os aspectos fenotípicos do candidato, conforme a resolução Nº 14/2020/CS/IFS. Essa avaliação somente ocorrerá após a divulgação do resultado final da análise do histórico escolar e do boletim do Enem, entre 31 de março a 08 de abril. Sendo assim, é importante que o interessado esteja atento ao realizar sua autodeclaração nas cotas, tendo em vista que caso ele não seja aprovado na análise, estará desclassificado do processo seletivo mesmo que tenha obtido nota de aprovação.

No total, o IFS oferta 50% de suas vagas para ampla concorrência (independentemente de ter estudado em escola pública, renda ou etnia, sendo que 5% destas são destinadas às pessoas com deficiência – PcD). As demais vagas estão destinadas em 25% para estudantes negros provenientes de escola pública (com vagas específicas para rendas maiores ou menores que 1,5 salário mínimo e para pessoa com deficiência), e 25% delas para estudantes provenientes de escolas públicas (independentemente da etnia) com vagas específicas para rendas maiores ou menores que 1,5 salário mínimo e para pessoa com deficiência.

Clique aqui para acessar o edital do processo seletivo para os cursos de graduação.

Clique aqui para acessar o edital do processo seletivo para os cursos técnicos subsequentes.

Fonte: IFS/SE

  Editoria: