IEGM: Tribunal de Contas obtém respostas dos 75 municípios sergipanos

IEGM: Tribunal de Contas obtém respostas dos 75 municípios sergipanos
julho 17 14:36 2020 Imprimir Conteúdo

Todos os municípios sergipanos responderam os questionários do Índice de Efetividade da Gestão Municipal (IEGM – 2020), aplicados pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE/SE) entre os meses de junho e julho, como forma de aferir o desempenho das gestões e a qualidade dos gastos públicos.

“Ficamos satisfeitos com a pronta adesão dos 75 municípios sergipanos, ainda mais diante das dificuldades atuais, decorrentes da pandemia da Covid-19; é um atestado de que o IEGM está cada vez mais consolidado como uma ferramenta que possibilita esse acompanhamento da evolução das necessidades sociais”, comentou o conselheiro Luiz Augusto Ribeiro, presidente do TCE.

Os gestores responderam perguntas referentes ao exercício 2019 nas áreas de Educação, Gestão Fiscal, Meio Ambiente, Governança em Tecnologia da Informação, Cidades Protegidas, Saúde e Planejamento.

Com os dados obtidos, será possível avaliar o desempenho dos municípios em cada uma dessas áreas. “Isso possibilita o aperfeiçoamento das gestões, posto que as políticas públicas podem passar a priorizar as áreas nas quais o desempenho não foi o ideal”, acrescenta diretora técnica do TCE, Patrícia Verônica.

Realizada em parceria com o Instituto Rui Barbosa (IRB), a ação é conduzida no TCE/SE pela Ditec, através da Assessoria de Planejamento e Controle, que chegou a montar um “plantão de dúvidas” para auxiliar os municípios no preenchimento dos questionários.

“O próximo passo é a consolidação dos resultados para que depois seja feita a validação e possamos divulgar os índices municipais”, explica a assessora de Planejamento e Controle do Tribunal, Shara Lessa.

Por meio do IEGM, os municípios são classificados em cinco faixas de resultados mensurados pelas notas A (altamente efetiva); B+ (muito efetiva); B (efetiva); C+ (em fase de adequação); e C (baixo nível de adequação).

Os resultados dos anos anteriores estão disponíveis no site do TCE/SE.

Fonte e foto TCE

  Editoria: