Hans destaca a importância de investir na juventude sergipana

Hans destaca a importância de investir na juventude sergipana
junho 13 13:41 2022

 

Credor na nova política para todos os sergipanos, o advogado Hans Soares defende que precisa haver mais confiança e investimento nos jovens do Estado. Conhecida como a geração do futuro, o advogado pretende dar ouvidos e produzir ideias que possam vir a dar mais oportunidades e visibilidade à juventude sergipana.

Hans, que está em período de visitas às cidades do interior do estado, vem notando que os jovens estão sendo deixados de lado pelos atuais candidatos em mandato. Os investimentos em políticas públicas para essa faixa etária é escassa em vários segmentos sociais como educação, capacitação profissional e a própria visibilidade dos mesmos.  A juventude está presente na cultura, economia, desenvolvimento e crescimento de qualquer cidade, e, segundo o advogado, é um erro deixar de fortalecer essa classe.

Para Hans, a atual gestão não oferece, ao menos, o mínimo de suporte à juventude, fator que acarreta na sua invisibilidade frente às oportunidades do mercado. “Investir na juventude sergipana é pensar no hoje e no futuro do nosso estado. Estou conversando com essa juventude e o que vejo são pessoas sem esperança. O Estado não avança, não oferece oportunidades para que esses homens e mulheres tenham um futuro promissor. Precisamos ser ousados, pensar em políticas públicas que capacitem essa juventude, garantam qualidade de vida e acessos”, declara.

Durante visita às cidades do interior, Hans tem priorizado o diálogo com os jovens sergipanos. Para ele, é preciso mais investimento na educação, que é considerada a base de todo o conhecimento e crescimento de um cidadão. Junto a ela, promover também capacitação, oferecendo aos jovens  habilitação para o mercado de trabalho e oportunidade de emprego, aumentando, desta forma, produtividade para o Estado e renda para as famílias. “São necessários investimentos em geração de emprego, ensino técnico e superior, acessos à intercâmbios profissionais e culturais, programas que desenvolvam as potencialidades desse grupo. Temos que sair desse longo período de estagnação do Estado. E esses jovens são o nosso futuro. Precisamos enxergá-los como importantes ferramentas que tornarão o nosso estado em protagonista em diversos setores”, reflete.

O advogado acredita na força dos jovens da capital e do interior do Estado, mas reforça a necessidade dos Poderes estarem unidos com a perspectiva de construir políticas públicas voltadas à classe. “É uma turma que tem força de vontade e pode fazer a diferença. Mas é necessário que tenhamos políticos que acreditem neles e nelas, no Executivo e no Legislativo também”, afirma. Com esse discurso, o advogado lembra à população que a mudança está ao alcance do seu voto, e que é preciso trabalhar a ideia de uma política nova, com novos candidatos, para que a visibilidade dos jovens, por exemplo, aconteça de forma efetiva.

Foto: Jouis

Por Assessoria de Imprensa

  Editoria: