Governador de São Paulo estimula Valadares Filho a disputar o governo

Governador de São Paulo estimula Valadares Filho a disputar o governo
fevereiro 23 05:59 2018 Imprimir Conteúdo

Reverter os desastrosos retrocessos que os programas sociais têm sofrido no governo Temer. Essa é a perspectiva de trabalho da bancada federal do PSB, que se reuniu nesta quinta-feira (22/02), com o Vice-Governador de São Paulo, Márcio França (PSB-SP). Para os deputados, a redução de recursos para serviços essenciais como o de saúde e educação é algo incompatível com as bandeiras defendidas pela legenda socialista.

O deputado Valadares Filho (PSB-SE) destacou que as conversas havidas em São Paulo, com a presença do presidente nacional do Partido Socialista, Deputado Carlos Siqueira (PE) são bem significativas, uma vez que o PSB realizará nos dias 1º, 2 e 3 de março de 2018, o seu congresso nacional. Nessa ocasião será debatida uma proposta desenvolvimentista com ênfase na harmonização entre política econômica e política social; no congresso também serão tratados temas como os mecanismos de participação popular e, obviamente, as eleições de 2018.

Durante o encontro, os parlamentares e Márcio França, que assume o governo de São Paulo em 7 de abril, com a desincompatibilização do titular, foi feita uma rigorosa análise da conjuntura política e econômica do país. Nas avaliações dos parlamentares, é insustentável a continuidade de uma política que fragiliza a rede de proteção social existente no País, para amparo dos mais necessitados. Também é inaceitável o retrocesso no campo científico e tecnológico. Basta saber que, em anos recentes, o Brasil foi do 24º para o 13º lugar, no mundo, em produção científica; um posto que pode vir a perder, com a queda nos investimentos em pesquisas de ciência e tecnologia.

Quando se trata da educação e da saúde, então, os parlamentares foram unânimes ao condenar o desvio procedido pela gestão Temer: “Não podemos aceitar nenhuma queda nem em quantidade nem em qualidade de alunos atendidos, nos municípios e nos estados; nem, tampouco, nas universidades”, destacou Valadares Filho. Para isso, os municípios precisam ter a continuidade dos recursos recebidos para manter as crianças na escola com tudo a que têm direito: professores bem remunerados, livro didático, computador, internet; enfim, o que for preciso para uma boa aprendizagem. E os cortes federais sinalizam claramente uma queda em recursos que pode custar décadas ao país, para recuperar.

No que diz respeito à saúde, Valadares Filho mostrou-se mais preocupado, ainda. Deixar de investir em assistência básica à saúde em pesquisas científicas pode fazer o Brasil voltar a ter doenças que eram consideradas erradicadas há décadas. “Os surtos de febre amarela em grandes centros urbanos é só um dos sinais desse retrocesso”, avaliou o deputado do PSB sergipano.

Entre os temas relevantes debatidos pelos deputados está a deliberação de o Partido Socialista  trabalhar com firmeza e determinação nas eleições de 2018, visando não só ao aumento da bancada federal; mas também com o propósito de eleger o maior número de governadores – com consequente aumento da presença nas assembleias estaduais.

Após a reunião com a bancada, Valadares Filho manteve uma conversa reservada com o Vice-Governador. Ocasião em que Márcio França sustentou a necessidade de Valadares Filho colocar seu nome para concorrer ao cargo de governador de Sergipe.

Na compreensão expressa pelo futuro governador de São Paulo, o deputado do PSB de Sergipe reúne as qualidades necessárias ao posto, quais sejam: ser respeitado, manter uma carreira política com honestidade e honra aos compromissos com a moralidade pública; primar pela condução de um mandato dinâmico, em consonância com as aspirações dos sergipanos.

Márcio França destacou que Valadares Filho é um político capaz de implementar um modelo de gestão moderno e mais dinâmico para o estado de Sergipe, rompendo, assim, com o conservadorismo e jeito ultrapassado de fazer política que vem sendo utilizado por alguns políticos antigos. Destacou ainda o fato de que Valadares Filho vem sendo bem colocado nas sondagens de intenções de votos para governador e pertence a uma nova geração da política.

Da conversa com Márcio França, Valadares Filho afirma que, após ouvir as ponderações do colega de partido, agradeceu ao estímulo recebido de Márcio França. Avaliou que Sergipe vem passando por problemas, pela ineficácia da atual gestão, o que repercute diretamente na qualidade de vida do sergipano. E, por isso, declarou estar à disposição do partido para oferecer a melhor contribuição para a solução dos problemas estaduais.

O presidente estadual do PTB de Sergipe, Rodrigo Valadares, acompanhou Valadares Filho na conversa com o vice-governador de São Paulo.

Além de Valadares Filho, o Senador Antônio Carlos Valadares também aparece bem colocado nas intenções de voto tanto para governador quanto para a recondução ao Senado, sendo considerado pela sua história um patrimônio para o partido.

Dos entendimentos entre os parlamentares do PSB ficou reafirmação do Partido Socialista como um partido que reúne todas as condições para assumir um papel mais atuante na solução nos problemas nacionais, o que se traduzirá em políticas mais concretas, no Congresso Nacional do PSB, a ser realizado nos primeiros dias de março.​

Fonte e foto assessoria

  Editoria: