Gorette  e Janier acreditam que a terceirização deveria ser expandida

Gorette  e Janier acreditam que a terceirização deveria ser expandida
maio 31 14:17 2019 Imprimir Conteúdo

Nesta quinta-feira, 30, a Presidente e vice-Presidente da Comissão de Saúde da Assembléia Legislativa do Estado de Sergipe (Alese), deputadas Janier Mota e Gorette Reis respectivamente, visitaram as instalações da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Nestor Piva na Zona Norte da capital sergipana.

Na oportunidade, as parlamentares puderam conversar e interagir com pacientes, médicos e os funcionários da unidade. Ocasião que, a deputada Gorette Reis revelou que tentou terceirizar os serviços no período em que esteve à frente da Secretaria de Saúde na gestão do ex-prefeito João Alves Filho.

“Naquela época tentamos adotar a terceirização, por saber que iria otimizar e possibilitar um rápido tempo de resposta. Algo que pudemos observar, hoje, com as melhorias na realização dos serviços. Acredito que é o caminho, sem comprometer o trabalho dos funcionários estatutários ou celetistas”, ressaltou Gorete.

Durante a visita, Gorette frisou a ampliação positiva no número de atendimentos, além da possibilidade oferecida aos médicos para realizar os diagnósticos com maior eficiência, com suporte de laboratório que viabiliza um rápido tratamento e encaminhamento clínico.

Nos quatros meses que antecederam a decisão da prefeitura de Aracaju de realizar a terceirização operacional e clínica da UPA foram realizados 25.528 atendimentos. Já no período com administração da unidade através do Centro Médico do Trabalhador já ocorreram quase 70 mil, além de redução da quantidade de óbitos na unidade.

“Gostei do que vi. É um exemplo a ser seguido, gostaria que todas as unidades de saúde tivessem o tipo de atendimento e a maneira de funcionamento que ocorre no Nestor Piva”, salientou Janier.

Na oportunidade, a deputada Gorette concluiu visita destacando a necessidade de se fazer o resgate da prevenção e atendimentos nas UBS, uma deficiência na estrutura primária que provoca superlotação nas UPAs.

“Acredito que a terceirização deve-se expandir para novas unidades de saúde”, ressaltou Gorette.

Fonte e foto assessoria

  Editoria: