Ginastas do Clube Jardins Iracema Alves conquistam 11 medalhas de ouro no Sul-Americano

outubro 29 13:29 2019 Imprimir Conteúdo

Comprometimento, determinação, perseverança. Esses foram alguns ingredientes da receita para que três sergipanas do Clube Jardins Iracema Alves, que integraram a seleção brasileira de Ginástica Rítmica no Campeonato Sul-Americano, ocorrido de 22 a 27 de outubro, em Lima – Peru, conquistassem um resultado brilhante, com o número de 11 medalhas de ouro durante a disputa. Da categoria Juvenil Ac4, Maria Flávia Britto venceu no individual geral e ganhou medalha de ouro nos aparelhos bola e fita, além de ser campeã por equipe. Já na categoria Pré-Infantil AC2, por dupla, Sofia Luce Carvalho e Josefina Eloá Bezerra conquistaram medalha de ouro por equipe e no aparelho corda.

Para a dupla Sofia Luce e Josefina Eloá foi muito gratificante. “É um sonho chegar tão longe ainda criança”, disse Sofia. Já Maria Flávia ressalta que essa conquista foi muito significativa pela experiência em ter participado de algo tão grande. “A felicidade e a emoção não cabem no peito, pois no meu primeiro campeonato Sul-Americano, eu consegui esse título tão importante”.

Em anos, a ginástica sergipana mostra que é celeiro de ginastas com grande potencial. “Nossas meninas alcançaram um resultado excepcional, consagrando-se em suas respectivas categorias, não só como as melhores do país, mas as melhores de toda América do Sul”, destaca a técnica Iracema Alves.

A treinadora também mostra que não mede esforços em trabalhar para o desenvolvimento das atletas, lutando pelos títulos com muita obstinação. Com isso, Sergipe volta a figurar entre os melhores do Brasil, segundo informa Iracema. “Esse resultado é muito bom não apenas para Sergipe, mas para todo o Nordeste. Agora é treinar com ainda mais empenho, para continuarmos trazendo conquistas. Além dessas três guerreirinhas, todas as outras meninas da nossa equipe são extremamente talentosas, o que permite a continuidade desse grande trabalho aqui desenvolvido”.

Ainda de acordo com Iracema, a equipe é muito forte. “Contamos com grandes profissionais e acredito que vamos galgar conquistas ainda maiores. Vale frisar que  não chegamos aqui sozinhas. Tudo isso foi fruto do esforço de muitos envolvidos. Por isso registro meu agradecimento especial ao Colégio Jardins, em nome da professora Maria Venizia Gonzaga Moreira, que nos apoiou desde o início e sem a qual a ginástica de Sergipe não chegaria onde chegou. Agradecemos também à Sicred; Centrus Pilares e Fisioterapia; e AC Engenharia, por acreditarem e investirem neste projeto. O esporte ainda não alcançou a valorização necessária em nosso país, por isso ter o devido apoio e investimento é fundamental para o seu desenvolvimento”, pontuou.

Foto assessoria

Por Míriam Donald

  Editoria: