GETAM e 4ºCIA do 3ºBPM prendem traficantes com cerca de 75 kg de maconha

GETAM e 4ºCIA do 3ºBPM prendem traficantes  com cerca de 75 kg de maconha
janeiro 25 06:54 2018 Imprimir Conteúdo

Na tarde desta quarta-feira (24), policiais do 3º Batalhão de Polícia Militar receberam uma denúncia via whatsapp (79 98867-6891) de que indivíduos estariam no município de Itabaiana à espera de um carregamento de drogas.

De posse da informação equipes  GETAM/3° BPM  e a 4ºCIA/3° BPM  foram acionadas para realizar o acompanhamento da situação.

Os suspeitos que estavam em Itabaiana, se deslocaram em direção à Rodovia Papa João Paulo II e foram acompanhados  pelas equipes do 3°BPM  até a cidade de Lagarto, sendo abordados ao chegar em uma pousada.

Durante a abordagem foram encontrados 02 “tijolos” de MACONHA e R$ 1.800,00 (mil e oitocentos) reais no veículo utilizado por SAMUEL OLIVEIRA CRUZ NETO e MARCIO DOS SANTOS e mais 60 “tijolos” também de MACONHA na portaria da pousada em posse de SARA PINHEIRO DANTAS, 18 anos.

MARCIO DOS SANTOS, 28 anos, saiu do presídio no último dia 17 de Janeiro, posto em regime semiaberto, após ter cumprido 10 anos pelo crime de homicídio em 2008 (clique aqui e leia mais). Segundo informações, no presídio o mesmo conquistou confiança para atuar como segurança no tráfico de drogas.

SAMUEL OLIVEIRA CRUZ NETO, 19 anos, coleciona vasta lista de medidas socioeducativas, além de ser responsabilizado por porte de arma de fogo, colete balístico e homicídio com requintes de crueldade, queimando sua vítima na capital sergipana.

O comandante do 3ºBPM ressalta que a população não precisa ter medo de fazer denúncias utilizando os canais disponíveis (whatsapp, 190, etc), pois sua identidade será mantida em sigilo. Ele reforça o pedido para que a população continue denunciando e ajudando a Polícia Militar a prevenir e combater  atitudes criminosas, a exemplo desta.

O entorpecente  apreendido e os indivíduos presos em flagrante foram encaminhados ao COPE, Centro de Operações Policiais Especiais da Polícia Civil, onde foi lavrado o auto de prisão em flagrante delito.

Com informações e foto 3º Batalhão de Polícia Militar

  Editoria: