Georgeo afirma que troca de pasta é “disputa de espaço”

Georgeo afirma que troca de pasta é “disputa de espaço”
novembro 13 05:48 2019 Imprimir Conteúdo

 

O deputado estadual Georgeo Passos (Cidadania) ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese) nesta terça-feira, 12, para comentar o Projeto de Lei nº260, de autoria do Poder Executivo, que pretende transferir a pasta do Trabalho da Secretaria de Estado da Inclusão Social para a Secretaria de Justiça. Assim como, o Departamento Estadual de Proteção e defesa Civil (DEPEC), que atualmente também integra a SEIT, para a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade (SEDURBS).

Na oportunidade, Georgeo Passos fez a leitura de trechos que contam no documento e disse que “as atribuições, atualmente exercidas pela Secretaria de Estado da Inclusão, Assistência Social e do Trabalho (SEIT), podem ser desempenhadas pela Secretaria de Estado da Justiça e de Defesa do Consumidor (SEJUC), pois ações relativas à geração de emprego e renda são medidas de otimização da cidadania e de promoção da dignidade ao cidadão, sendo, assim, exortadoras da justiça cidadã e social”.

“Sabemos que o estado não consegue dá resposta a essa população carente e estamos vendo que os dados da desigualdade em Sergipe aumentam cada vez mais. O Partido dos Trabalhadores (PT) teria certa culpa por administrar a Secretaria de Assistência Social durante algum tempo e essa desigualdade não diminui. A gente percebe que as coisas não vão tão bem como se pensa”, declarou o parlamentar.

Georgeo colocou que com a alteração na organização administrativa que está sendo proposta, o Governo reconhece que a SEIT não tem condição de trazer políticas públicas eficientes para a sociedade sergipana.

“Percebe as forças tentando se afirmarem. O PT na Assistência Social, PSD comanda a pasta da Secretaria de Justiça, e agora, vai comandar a Secretaria de Trabalho. A gente espera que com essa mudança se consiga evoluir. Fica claro, que pelo visto, a base governista está tendo alguma luta de espaço. Aqui fica claro que o PT não deu conta para melhorar o número de emprego e o governo tira as atribuições da SEIT e coloca para ajustiça”, colocou.

Por Kelly Monique Oliveira – Rede Alese

Foto: Jadilson Simões

  Editoria: