Flamengo é bicampeão da Libertadores e o Brasil faz a festa

Flamengo é bicampeão da Libertadores e o Brasil faz a festa
novembro 24 07:01 2019 Imprimir Conteúdo

O Flamengo é o Rei da América. Com a vitória por 02 a 01 sobre o River Plate, neste sábado (23), em Lima, no Peru, o rubro-negro conquistou o bicampeonato da Libertadores da América, e levou à loucura os quase 40 milhões torcedores espalhados pelo país e pelo mundo.A equipe carioca não disputava uma final do principal torneio do continente desde 1981, quando conquistou o título ao derrotar o Cobreloa.

O gol do Riverplate foi feito aos 14 minutos do primeiro tempo, pelo colombiano e atacante Rafael Santos Borré. A primeira fase do jogo foi dominada pelo River, sendo que tanto Gabigol como Everton Ribeiro tiveram chance de marcar, mas acabaram mandando a bola para fora.

Aos 44 minutos do segundo tempo o Flamengo empatou a partida com um gol de Gabibol. Aos 47 minutos do segundo tempo, o atacante virou a partida pelo rubo-negro, fazendo com o que levasse a taça para casa.

Com o título, o Flamengo está classificado para o Mundial de Clubes, que acontece entre 11 e 22 de dezembro no Qatar, e poderá reeditar a final do torneio mundial de 1981, quando enfrentou o Liverpool e foi campeão.

A campanha do Flamengo na Libertadores mostrou muita solidez. Foram 24 gols marcados (somar os gols que fizer na final), sete vitórias, três empates e três derrotas. Um dos momentos mais complicados da trajetória foi na estreia do técnico Jorge Jesus, quando o rubro-negro perdeu para o Emelec por 2 a 0, no jogo de dia das oitvas de final. Na volta devolveu o placar e se classificou nos pênaltis.

Em Aracaju – Flamenguistas de Aracaju se concentraram em algumas casas de amigos e bares para assistir o jogo Flamengo e River. Muita tristeza tomou conta desses torcedores até os 35 minutos do segundo tempo, quando o Flamengo começou a reagiu, empatou o gol e virou o jogo nos minutos finais.

A festa rolou em toda a cidade, com uma explosão de alegria e saraivada de bomba que explodiu em vários cantos de Aracaju, principalmente na Avenida Beira Mar e na praia de Atalaia, para onde todos foram comemorar a histórica vitória do Flamengo.

Aos rubros negros juntaram-se vascaínos, botafoguenses, tricolores e todos os milhões de torcedores, mesmo rivais dos rubros negros, porque em campo, na cidade de Lima, no Peru, o Flamengo representava o Brasil.

  Editoria: