Fiscalização nas praias avalia cumprimento das medidas restritivas neste domingo, 14

Fiscalização nas praias avalia cumprimento das medidas restritivas neste domingo, 14
março 15 06:20 2021 Imprimir Conteúdo

Na manhã deste domingo, 14, foi realizada mais uma vistoria integrada com agentes da Defesa Civil, Procon Aracaju e da Guarda Municipal, para avaliar o cumprimento das medidas restritivas, dessa vez com foco no litoral aracajuano.

A fiscalização tem como objetivo verificar a execução do decreto municipal nº 6.400 e do decreto estadual nº 40.787, que estabelecem recomendações e medidas para restringir a circulação de pessoas, visando conter o avanço da covid-19 na capital.

O major Silvio Prado, coordenador geral da Defesa Civil, informa que a fiscalização foi bastante positiva, pois ficou constatado o cumprimento do decreto na região litorânea. “Pudemos observar que os frequentadores estavam respeitando as medidas, sem aglomerações, apenas com suas células de convivência”, conta.

O coordenador destaca que a fiscalização teve um tom de conscientização, orientando os frequentadores a não utilizar os espaços comuns dos bares e restaurantes, pois os mesmos estão proibidos de funcionar durante os finais de semana.

“Tivemos um enfoque, também, na vistoria do tráfego de veículos na areia, o que está proibido, uma vez que algumas pessoas se aproveitam disso para fazer aglomerações em locais mais distantes, a exemplo da praia do Viral”, relata major Silvio.

Plantão de fiscalização

O final de semana foi de bastante trabalho para as equipes de fiscalização. Além da vistoria feita na região das praias neste domingo, foi realizada a vistoria no Centro da cidade no sábado, 13, e uma ronda para verificar o cumprimento das medidas restritivas em bares e restaurantes na noite de sexta-feira, 12, quando 4 estabelecimentos foram notificados pelo descumprimento das normas.

O secretário da Defesa Social e da Cidadania, Luís Fernando Almeida, salienta que, das 18h da sexta-feira às 5h da segunda-feira, bares, lanchonetes e restaurantes só poderão funcionar sem consumo local, com serviços de delivery ou retirada. Os estabelecimentos que descumprirem essas disposições serão autuados, incorrendo em processo administrativo que pode culminar na aplicação de multa.

Luís Fernando enfatiza que a maior arma que temos hoje é o isolamento e faz um apelo para quem puder ficar em casa, se tiver que sair, que use máscara, higienize as mãos e mantenha o distanciamento social. “É preciso que cada cidadão aracajuano assuma a sua responsabilidade nesse processo. Vamos juntos preservar nossas vidas e as vidas dos nossos entes queridos”, reforça o secretário.

Foto: André Moreira

  Editoria: