Fiscais da ADEMA participam de fiscalização a matadouros em três cidades

Fiscais da ADEMA participam de fiscalização a matadouros em três cidades
setembro 25 13:30 2018 Imprimir Conteúdo

Fiscais da Administração Estadual do Meio Ambiente (Adema) participaram nesta terça-feira (25/09) de uma fiscalização a abatedouros nas cidades de Arauá, Boquim e Pedrinhas. A ação liderada pelo Ministério Público Federal (MPF) e Ministério Público Estadual (MPE) constatou irregularidades, o que resultou na interdição dos três matadouros.

Foram constatados pelos fiscais da ADEMA atividades sem licenciamento, sem condições ambientais, maus tratos a animais e, no caso do matadouro de Pedrinhas, contaminação de riacho.

A ação desta terça-feira foi comandada pela promotora federal do MPF, Lívia Nascimento Tinôco; e pelo promotor estadual Carlos Henrique Siqueira Ribeiro do MPE. Participara da ação os promotores das cidades de Arauá, Kelfrenn Teixeira Rodrigues de Menezes, e Boquim, Adson Alberto C. de Carvalho.

Além da Adema, outros órgãos participaram da fiscalização: Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Sergipe (CREA), Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV), Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh), Empresa de Desenvolvimento Agropecuário de Sergipe (Emdagro) e apoio policial da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e do Comando de Operações Especiais (COE) da Polícia Militar de Sergipe.

Está agendado para esta terça (25), às 14h30, no fórum Hermes Fontes, uma audiência pública a qual os promotores de justiça dos municípios de Arauá e Boqui convocaram os marchantes, os prefeitos, e secretários de agricultura e saúde dos municípios fiscalizados para tratar dos problemas constatados nos estabelecimentos.

Fonte: Ascom Adema / João Áquila

  Editoria: