Festival de fake news

Festival de fake news
abril 13 07:51 2022

Por Adiberto de Souza *

As notícias falsas têm preenchido o tempo dos desocupados e tirado o sono das pessoas atingidas pelas fofocas. Agora mesmo, o governo de Sergipe teve que se ocupar em desfazer uma notícia falsa sobre a apreensão de ambulâncias do Samu. Propagada pelas redes sociais, a mentira foi, inclusive, amplificada por algumas emissoras de rádio, que não se deram ao trabalho de checar a veracidade da informação. Políticos menos éticos também fazem uso das fofocas para desgastar os adversários. Neste ano eleitoral vamos assistir um verdadeiro festival de fake news produzidas para atingir os candidatos, principalmente os majoritários. Cabe ao cidadão avaliar cada informação recebida e só passá-la pra frente se atestar a sua veracidade. Nunca é demais lembrar que quem propaga mentiras é tão culpado quanto quem às cria. Portanto, se ligue para não se complicar depois. Crenduespai!

Falta de apoio

O governador Belivaldo Chagas (PSD) se queixou da falta de apoio à sua administração por parte do governo federal. A reclamação foi feita durante o evento de entrega de casas populares em Nossa Senhora do Socorro. Segundo ele, em toda a sua gestão não recebeu ajuda do Palácio do Planalto, apesar de os governadores terem cobrado uma parceria por parte do presidente Jair Bolsonaro (PL). Belivaldo festejou a construção do conjunto residencial, porém disse que esperava bem mais do inquilino do Palácio do Planalto. Misericórdia!

Longe dos livros

Pesquisa mostra que o maior percentual de leitores na população está entre os jovens. Feito pelo Instituto Pró-Livro, o estudo revela que dos cinco anos de idade até os 24, o índice de leitores é sempre superior ao de não leitores. Na faixa etária de 14 a 17 anos, por exemplo, estão 14% do total de leitores. No grupo entre 50 e 69 anos se encontram 23% dos não leitores e apenas 12% da população que lê. Aff  Maria!

Maratona eleitoral

Para os pré-candidatos majoritários não existe esse negócio de ficar esperando o apoio político bater em suas portas. Todos os dias, alguns deles percorrem quilômetros e mais quilômetros para sentir o clima político e pastorar o gado, nesse imenso curral eleitoral chamado Sergipe.  A disposição de percorrer o estado vai aumentar durante a campanha, pois a presença física do candidato conta muito na hora de o eleitor definir o voto. Ademais, muita gente aguarda não apenas o caloroso abraço do candidato, mas uma ou mais oncinhas para sacramentar o apoio político. Desconjuro!

Carta de quilombolas

O deputado estadual Iran Barbosa (Psol) está entre os políticos que já assinaram a Carta Compromisso com os Quilombolas de Sergipe. O objetivo do documento é colocar a pauta destas comunidades em debate e buscar o engajamento daqueles que acreditam na importância das lutas dessa parcela da população sergipana. Segundo Iran, os quilombolas vêm sendo negligenciados e até atacados em seus direitos pelo governo Bolsonaro, responsável por uma política de desmonte e de falta de compromisso com estes brasileiros. Só Jesus na causa!

Carne liberada

Diferente do que muitos pensam, não existe nenhuma recomendação bíblica para não se comer carne na Sexta-Feira da Paixão. Na verdade, o que impede consumir tão nobre alimento é a carestia. Segundo a Bíblia, pecado é algo moral, é a transgressão voluntária da lei de Deus, a exemplo da avareza, da inveja da pedofilia, etcétera e tal. Ademais, como seria bom se todas as pessoas abastadas que deixam de comer carne na Sexta-Feira da Paixão ficassem mais obedientes a Deus. Cruz, credo!

Trair e coçar…

É estranho ouvir políticos reclamando que foi traído, ou que o governo está cheio de ocupantes de cargos em comissão que votam na oposição. Alguns reclamam pelos cantos que, mesmo tendo apoiado determinados prefeitos em 2020, jamais foram chamados para empregar os apadrinhados. Ora, e qual é o político que não acende uma vela para Deus e outra para o diabo? Aos queixosos que andam por aí, com anzol nas costas, procurando traídas, vale lembrar o velho adágio popular: trair e coçar, é só começar. Home vôte!

Roteiro de ministros

Parece que Sergipe virou roteiro para ministros. Anteontem, Bento Albuquerque, de Minas e Energia, esteve em Aracaju participando do Seminário sobre o 1º ano de vigência da Lei do Gás. Ontem, quem deu com os costados em Socorro foi o ministro do Desenvolvimento Regional, Daniel Ferreira. Ele veio de Brasília só para participar da entrega de casas populares. E olhe que na última sexta-feira, o secretário de Qualidade Ambiental do Ministério do Meio Ambiente, André França, prestigiou a inauguração do novo espaço do horto florestal de Aracaju, localizado no Parque da Sementeira. Marminino!

Pernas pro ar

Os servidores estaduais e da Prefeitura de Aracaju só trabalham até hoje à tarde. Por conta da Semana Santa, tanto o governador Belivaldo Chagas (PSD) quanto o prefeito Edvaldo Nogueira (PDT) decretaram ponto facultativo para amanhã, Quinta-Feira Santa. Pergunta que não quer calar: se o Estado é laico, por que fechar as portas durante eventos da Igreja Católica? Vixe!

Adeus ‘miserê’!

Hoje é dia de ficar milionário. Para tanto, basta ganhar sozinho na Mega-Sena e colocar no bolso a bolada de R$ 60 milhões. Caso leve o prêmio sozinho, o apostador poderá aplicar toda a bolada na poupança e obter um rendimento mensal superior a R$ 383 mil. E olha que não é difícil nem caro sair desse ‘miserê’. É só fazer um jogo por míseros R$ 4,5 e acertar as seis dezenas sorteadas, coisa simples assim. Então, você tá nessa?

Horóscopo da semana

Peixes – Está com sorte no amor, mas é só isso! Há uma constelação de anzóis, com varas de todo tamanho e grossura, numa perigosa confluência de pescadores. Portanto, evite sair da toca agora na Semana Santa, pois a maré não está pra peixe. Quem avisa, amigo é!

Recorte de jornal

 

 

 

 

 

 

 

Publicado no jornal laranjeirense O Horizonte, em 17 de janeiro de 1886.

É editor do Portal Destaquenotícias

  Editoria: