FAMES promove capacitação para gestores e técnicos da educação sobre o Censo Escolar 2022

FAMES promove capacitação para gestores e técnicos da educação sobre o Censo Escolar 2022
maio 15 07:17 2022

 

Aconteceu em Aracaju, nos últimos dias 12 e 13, a Capacitação Educação Sergipe Censo Escolar 2022, do Programa Crescer – Programa Estadual de Suporte ao Fomento e Desenvolvimento da Educação Básica Pública Municipal e Formação de Gestores e Técnicos – promovida pela Federação dos Municípios do Estado de Sergipe (FAMES), através da Escola de Gestão Governador João Alves Filho (EG), em parceria com a Secretaria da Educação, do Esporte, e da Cultura do Estado de Sergipe (Seduc), e o Pacto pela Educação, com a finalidade de capacitar gestores e equipes técnicas de educação dos municípios sergipanos para desenvolver melhorias do índice da educação básica da rede pública municipal de ensino.

O Programa Crescer, que deu início ao primeiro módulo com instruções sobre o Censo Escolar 2022, prevê a aplicação de sete módulos de capacitação a serem administrados no período de um ano, com o objetivo de aperfeiçoar a qualidade do ensino e resultar no equilíbrio financeiro das gestões educacionais municipais.

Neste primeiro módulo, a programação incluiu palestras ministradas pelo secretário da Seduc, Josué Modesto, sobre o novo Fundeb e o ICMS Social; o procurador-geral do Ministério Público de Contas do Estado de Sergipe (MPC/SE), João Augusto dos Anjos Bandeira de Mello, sobre o Pacto pela Educação sergipana; e o professor e consultor em Políticas Públicas, Paulo Lira, que ministrou o painel sobre o Censo Escolar 2022.

O diretor da EG e consultor da FAMES, Jorge Teles, ressaltou que a capacitação surgiu em um momento preciso, após o período de pandemia da covid-19, o período que acarretou circunstâncias de desafios e dificuldades para o ensino. “Nós precisamos recuperar esse déficit da educação atingido neste período. O programa visa trazer informação de qualidade para todos os gestores da educação abordando os mais variados temas. Nós iniciamos com o tema do censo escolar, muito importante para os municípios, pois impacta no número de receitas a serem recebidas no ano seguinte, a exemplo do Fundeb, transporte e merenda escolar, entre outros”, explicou Teles.

Para o ministrante Paulo Lira, o censo escolar é a ferramenta mais importante para todos os programas da educação pública. “O censo é a pesquisa e consulta mais ampla a toda a comunidade escolar, e vai servir de parâmetro para as avaliações de aprendizagem, avaliações de investimento, para os financiamentos, programas federais e transferências constitucionais voluntárias, que dependem da informação que cada escola, cada secretaria assenta no censo escolar”, disse o palestrante, esclarecendo que as escolas têm o prazo até o final de maio para informarem dados educacionais.

O presidente da FAMES, Alan Andrelino, falou sobre a importância de a Federação investir na qualidade da educação. “A gente fica muito feliz em estar investindo na educação dos municípios sergipanos. Serão sete módulos, e estamos iniciando a capacitação com o módulo sobre o censo e, como todos sabem, os municípios vivem de recursos, e através do censo escolar, os nossos alunos recebem esses recursos, que chegam até os municípios”, pontuou o presidente.

Foto assessoria

Por Innuve Comunicação

  Editoria: