FAMES apoia expansão do turismo rural no estado de Sergipe

FAMES apoia expansão do turismo rural no estado de Sergipe
abril 05 16:12 2021 Imprimir Conteúdo

O presidente da Federação dos municípios do Estado de Sergipe (FAMES), Christiano Cavalcante recebeu na manhã desta segunda-feira, 5, a turismóloga e criadora da “Rota Caminhos da Serra de Itabaiana”, Ellen Carvalho.  Na ocasião, a profissional pediu o apoio da Federação para expandir a rota do turismo rural em todo o estado de Sergipe, que junto com a CNN, buscam incentivar a criação de novas rotas e explorar o potencial turístico dos municípios sergipanos.

Ellen apresentou como exemplo, o projeto da rota de Itabaiana, que foi lançado em novembro do último ano, e que segundo a turismóloga, tem apresentado um bom retorno. “Passamos três anos criando o projeto da Rota Caminhos Serra de Itabaiana e, consequentemente, a primeira rota de turismo rural sergipana, que surgiu como proposta de projeto piloto, pra gente sentir como seria a aceitação. Querendo ou não, Itabaiana já tem uma certa estrutura e potencial de investidores”, disse Ellen Carvalho.

A turismóloga destacou a atividade turística como um diferencial para o setor e grande potencial para o desenvolvimento dos municípios, movimentando a economia, e gerando emprego e renda. “A minha proposta é de que a gente possa ampliar o turismo rural para o estado, e não focar apenas em Itabaiana. Muitos gestores não têm conhecimento, falam que o município não possui atrativo. Mas eu gosto de frisar que se não tem, a gente cria”, revelou a profissional.

Ellen propôs ao presidente, o pedido de apoio para a realização de um evento virtual voltado para os gestores, com o objetivo de apresentar a possibilidade de criação de projetos de rotas em vários municípios, inclusive, integradas.

Christiano Cavalcante reconheceu a importância do projeto e sugeriu que o evento seja realizado no momento certo. “Eu apoio completamente essa iniciativa, apoio o turismo rural, acho que é uma grande fonte de renda e geração de emprego. O meu receio é de que não seja o momento ideal”, disse o presidente de forma cautelosa, analisando a crise do setor turístico devido à pandemia da covid-19.

Fonte e foto assessoria

  Editoria: