Fábio Reis destaca importância de títulos de propriedade rural em Indiaroba

maio 06 05:31 2022

O deputado federal Fábio Reis participou da entrega de títulos de propriedade rural no Assentamento Nicácio Rodrigues, em Indiaroba. A titulação de assentamentos tem o objetivo de promover segurança jurídica no campo, acesso ao crédito e inclusão produtiva dos agricultores familiares.

Durante a cerimônia, foram entregues dez documentos de titulação às famílias que residem e produzem verduras, frutas e hortaliças para consumo próprio e comercialização local. “Esse já é o terceiro assentamento que nós entregamos a titularidade da terra. Hoje foram dez famílias, tem mais uma ainda para ser beneficiada, e que em breve estaremos aqui novamente entregando mais um título”, pontua Fábio.

O deputado, que já destinou mais de R$7 milhões de emendas parlamentares para Indiaroba desde 2017, ressalta que com a entrega desses títulos, surgem mais oportunidades para o desenvolvimento da área rural. “Abre-se um leque de opções, principalmente em relação as instituições financeiras como, o Banco do Nordeste, que oferece uma maior facilidade de financiamento para esses pequenos produtores com juros muito baixos. Dessa forma, essas famílias podem ter o incentivo de plantar na sua terra, colher e vender os seus produtos”, reitera.

A produtora rural Edilene Mota foi uma das assentadas que recebeu a titularidade de sua propriedade. “Todas as vezes que nós fomos ao INCRA, tivemos nossas necessidades ouvidas e atendidas. Hoje nós só temos a agradecer por ter tornado nosso sonho de ter uma casa uma realidade. E agradecer também os recursos enviados pelo deputado Fábio Reis ao nosso município”, disse a produtora.

De acordo com o superintendente do INCRA, Victor Sande, esse momento para o município de Indiaroba, é essencial. “O Nicácio Rodrigues, embora seja um assentamento pequeno, é referência no estado, altamente produtivo, uma vez que todos os lotes são bem explorados, além de produzir uma variedade muito grande de hortaliças e frutas. Hoje eles são proprietários com direitos mais abrangentes, tem acesso a linhas de créditos mais amplas. É um direito deles, e é por isso que a reforma agrária existe, para fomentar a economia do país, regularizar as terras que eram improdutivas e trazer dignidade para as famílias que carecem delas”, infere.

Por Ascom/Fábio Reis

Foto Kaio Espínola

  Editoria: