Estudantes da rede estadual são premiados em concurso cultural Cordel Covid

Estudantes da rede estadual são premiados em concurso cultural Cordel Covid
agosto 25 12:50 2020 Imprimir Conteúdo

A Feira Científica de Sergipe (Cienart) divulga o resultado do concurso Cordel Covid. Dentre os premiados, estão estudantes da educação infantil, ensino fundamental e ensino médio de todas as redes de ensino. A iniciativa teve o objetivo de mobilizar as comunidades escolares para a produção e divulgação de literatura de cordel dentro da temática da Covid-19, promovendo a articulação entre ciência e arte. Ao todo, foram submetidos 140 trabalhos, que estão disponíveis no canal do YouTube:

https://bit.ly/3gpmDZZ

Escolhidos por meio de voto popular, a partir do maior número de curtidas do vídeo publicado no YouTube, os vencedores de cada categoria esbanjaram criatividade nas produções de texto e audiovisual. O julgamento obedeceu às seguintes etapas: Verificação técnica, Seleção dos finalistas, Votação e Classificação final, momento no qual a equipe Cienart e especialistas escolheram o trabalho vencedor entre os finalistas, em cada categoria. O concurso também reconheceu alunos com menção honrosa.

O verso rimado da aluna Gabriela Santana Matos de Oliveira, do Colégio Estadual Monsenhor Juarez Santos Prata, em Lagarto, rendeu-lhe o 1º lugar na categoria Ensino Médio. Narrando a trajetória do coronavírus desde a descoberta na China, chegando ao Brasil e se espalhando pelas regiões, a jovem conta que ficou contente com o resultado do concurso. “Primeiramente eu não esperava chegar à final. Quando se iniciou a cerimônia meu coração já estava a mil, tomada por insegurança e ansiedade, mas ao mesmo tempo feliz pelo trabalho que fiz. Meu choro era o de uma criança após ver que deu certo, que eu fui a vencedora, que fez valer não só meu esforço, mas também o de todos que entraram nessa comigo”, disse ela, que foi orientada pela professora Ester de Matos Araújo.

Entusiasta da escrita, Gabriela Santana começou cedo na produção textual. “Eu fui apresentada à poesia aos 11 anos de idade quando eu estava no quarto ano do Ensino Fundamental. Nesse período, me inscrevi em um concurso estadual de poesia e fiquei em terceiro lugar. Daí não parei mais. Então, justamente neste ano me arrisquei à literatura de cordel. Minha professora Ester Mattos passou as regrinhas básicas de como é feito e eu acrescentei a criatividade”, declarou a jovem. Com mais de 3.646 visualizações e 1.103 curtidas, o vídeo pode ser visto por meio do link: https://youtu.be/EWxlfizBxlA.

Na categoria Ensino Médio outros alunos da rede estadual também se destacaram na final do concurso. Foram eles: Arthur dos Santos Anjos, do Centro Estadual de Educação Profissional Professora Neuzice Barreto, em Nossa Senhora do Socorro, com o cordel “A chegada do vírus ceifador” (https://youtu.be/bviP2zV6vrk); e Cecília Aparecida Honorato Dantas, do Colégio Estadual Dom Juvêncio de Britto, em Canindé de São Francisco, com o texto “Covid-19: uma doença que assola o mundo!”  (https://youtu.be/l8TFffnxta0).

Ainda da rede estadual de Sergipe, na categoria Menção Honrosa, criada com a finalidade de reconhecer o trabalho dos alunos que se dedicaram à produção dos textos e dos vídeos, a Cienart premiou os seguintes estudantes:  José Luan Santana Cruz Silva, do Colégio Estadual Fausto Cardoso, em Simão Dias, com o “Recado ao cumpade Tonico” (https://youtu.be/ReM7b3BAVh8), e Robert Santos Moraes Ferreira, do Colégio Estadual Gumercindo Bessa, em Estância, apresentando “A coroa pandêmica” (https://youtu.be/XEXhEcuGNW4).

De acordo com a professora Eliana Midori, representante da Cienart, houve grande participação dos alunos e professores; esses últimos participaram de um curso sobre literatura de cordel, para tornar melhor a orientação aos estudantes em relação às normas técnicas durante a elaboração. “O trabalho escrito em forma de literatura de cordel foram enviados pelos alunos, acompanhados de um  vídeo, no qual um ou mais autores declamaram seus textos. Vários estudantes ilustraram os trabalhos, representando os folhetos, que são bem característicos desse tipo de literatura. Para a gravação do vídeo com mais de um autor, os estudantes estiveram atentos às ações para a prevenção da Covid-19 e respeitaram a conduta de isolamento social recomendada pela Organização Mundial de Saúde (OMS)”, explicou.

Como premiação, os vencedores de cada categoria serão agraciados com Kit Cienart: camisa, sacola, copo e itens doados pelos patrocinadores, além da oportunidade de escolher cinco famílias para receber uma cesta básica mensal durante 3 meses, ou uma instituição beneficente para receber as cestas. Todos os classificados terão participação garantida em um livro de Antologias, publicado pela feira, podendo ser estendida a outros concorrentes. A lista completa dos premiados e finalistas pode ser conferida por meio do perfil da Cienart no Instagram: www.instagram.com/cienart.sergipe/.

Assessoria de Comunicação da SEDUC

 

  Editoria: