Equilíbrio das contas eleva a classificação do Banese em avaliação de agência internacional

abril 05 09:23 2022

 

O Banco do Estado de Sergipe (Banese) conquistou a nota AA-(bra) no Rating Nacional de Longo Prazo da Fitch Ratings, com Perspectiva Estável. A nota anterior era A-(bra). Já para o Rating Nacional de Curto Prazo a nota subiu de F1+(bra) para F1(bra).

De acordo com a publicação, esta elevação reflete a melhora da capacidade de suporte do Estado de Sergipe, cujo perfil de crédito é avaliado de forma interna pela FItch.

O Estado de Sergipe, controlador do banco, passou por um forte ajuste das contas públicas, sendo importante na melhora da classificação de risco do banco estadual. Esta avaliação é fundamental para assegurar aos investidores que o banco é sólido.

“Na avaliação interna da Fitch, a melhora do perfil de crédito de Sergipe é decorrente do crescimento robusto da receita tributária ao longo de 2021, seguido por gastos controlados. Embora alguns dos fatores de melhora sejam vistos como temporários, há evidência de crescimento sustentado nas margens operacionais em meio à estabilidade da dívida. O perfil de crédito de Sergipe também se beneficia do apoio federal na forma de dívida intergovernamental com condições mais favoráveis”, relata a publicação.

Importância do Banese

Ainda segundo a Fitch, ‘os ratings nacionais do Banese refletem a opinião da agência de que o banco receberia suporte de seu acionista controlador, caso necessário. A agência acredita que o Banese é estrategicamente importante para Sergipe, por ser o principal agente financeiro do governo local e ter significativa participação de mercado em créditos e depósitos no estado’, destaca o texto de divulgação.

Outro dado ressaltado e levado em consideração na avaliação foi o fato do Banese, em 2021, ter detido a maior posição de mercado em créditos comerciais, com 36%, e em depósitos a prazo, com 43%. A Fitch salientou, ainda, que ‘além de suas operações comerciais, o banco desempenha o papel de missão pública na região, realizando operações de crédito que visam a promover o desenvolvimento e crescimento local’.

Sistema de avaliação

O sistema de avaliação da Fitch atribui notas na forma de letras. AAA indica empresas de qualidade excepcionalmente alta, bem estabelecidas e com fluxos de caixa consistentes. AA indica empresas que, embora ainda apresentem alta qualidade, possuam risco ligeiramente mais alto. A indica empresas com baixo risco de default, ligeiramente mais vulneráveis a fatores ligados ao negócio e à economia.

Há ainda classificações decrescentes, nas demais letras, como BBB, BB, B, CCC, CC, C, RD e D, que indicam o quanto o processo de default está próximo ou já acontecendo, ou seja, quando há descumprimento das obrigações legais e condições de um empréstimo.

Sobre a Fitch

Fundada em Nova Iorque (EUA), a Fitch Ratings é uma das três maiores agências de classificação de risco de crédito e tem como objetivo, por meio de suas avaliações e notas atribuídas, fornecer estatísticas para o mercado financeiro.

Investidores do mundo todo usam as avaliações da agência para orientar suas escolhas, trazendo mais segurança na compra de ativos que não vão perder o valor e prometem trazer um retorno sólido.

Fonte e foto ASN

  Editoria: