Equidade e segurança do paciente são debatidas no terceiro dia da 89ª Semana de Enfermagem

Equidade e segurança do paciente são debatidas no terceiro dia da 89ª Semana de Enfermagem
maio 15 14:52 2019 Imprimir Conteúdo

Embasamento legal, desdobramentos e responsabilidade dos profissionais de saúde para uma prática com equidade e segurança. Esse foi o tema de abertura do terceiro dia da 89ª Semana de Enfermagem do Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), unidade gerenciada pela Secretaria de Estado da Saúde (SES). O evento está com uma programação especial e contemplando ações que visam fortalecer práticas de atendimentos pautadas nos princípios do SUS, sobretudo na equidade.

A advogada e secretária-geral da Comissão de Direito Médico e da Saúde da OAB, Carolina Santos Teixeira, debateu sobre o tema e tudo o que está relacionado à segurança do paciente. Ela levou embasamento legal e jurídico relacionado à atuação do profissional da enfermagem e com a segurança do paciente de modo que a atuação do profissional de enfermagem seja dotada de equidade e segurança.

De acordo com Carolina Santos, é uma ação por parte da gestão que possibilita inúmeros benefícios não só enquanto qualificação técnica para o corpo profissional do Huse, mas também melhora a qualidade do atendimento ao destinatário final que é o paciente e o usuário.

“Se cria a legislação em vigor relacionada a segurança do paciente ela está ligada diretamente a assistência prestada pelo profissional de enfermagem, quando a gente está falando de segurança a gente fala de cuidado e quando fala em cuidado, estamos falando do profissional da enfermagem. Então, a observância por parte dos profissionais da enfermagem a legislação seja ela jurídica que traz um desdobramento responsabilização civil, ética ou ate criminal do profissional da enfermagem ela está ligada a uma inobservância de norma ética por parte do profissional ou da própria legislação nacional relacionada a segurança do paciente”, explicou a advogada.

Ela parabenizou a todos os profissionais pela semana de enfermagem e destacou a ação como positiva para profissionais e usuários. “Essa é uma ação muito positiva e que só traz benefícios aos profissionais. A capacitação é imprescindível, melhora o atendimento, o ambiente de trabalho que são otimizados e são benefícios tanto para os profissionais como para a população e diminui os problemas de certa maneira enfrentados pela gestão, , enfatizou Carolina Santos.

Para quem participou do evento, um momento de grande aprendizagem e atualização de conhecimento. “É uma homenagem muito gratificante para nós profissionais. São temáticas muito boas e temos que está sempre se atualizando. A palestra de hoje foi fundamental para nosso cotidiano cuidando do paciente. Estou gostando muito e pretendo vir em todos os momentos”, disse a enfermeira, Ana Célia Santos.

Já a auxiliar de enfermagem Hortência Maria Maia, destacou que essa edição da semana de enfermagem está muito especial. “Eu já participei das palestras, das massagens e até do café da manhã em nossa homenagem. Essa edição está ainda mais caprichada. Vou participar até o último dia”, declarou.

A tarde foi a vez da palestra “Armazenamento de medicamentos no posto de enfermagem”, com a farmacêutica do Huse, Suilly Medeiros. O armazenamento correto é uma etapa da assistência farmacêutica para o uso racional de medicamentos no hospital com significativa contribuição na ocorrência e na gravidade de erros de medicação.

Fonte e foto assessoria

  Editoria: