Elas subiram no palanque

Elas subiram no palanque
setembro 16 08:37 2020 Imprimir Conteúdo

Por Adiberto de Souza *

Diferente de 2016, quando apenas Vera Lúcia (PSTU), Sônia Meire (PSOL) e Eliane Aquino (PT) participaram da disputa pela Prefeitura de Aracaju, agora em 2020 as mulheres mais que dobraram suas participações no palanque majoritário da capital. São oito candidatas. Gilvani Santos (PSTU), Danielle Garcia (Cidadania) e Georlize Teles (DEM) vão disputar a cadeira ocupada hoje pelo prefeito Edvaldo Nogueira (PDT), enquanto Simone Vieira (DC), Alda Rejane Arruda da Silva (PMB), Katarina Feitoza (PSD) e Ana Lúcia (PT) são postulantes a vice. A escolha da petista como parceira de chapa do Márcio Macedo (PT) foi a que mais chamou a atenção, pois ela havia se retirado da disputa eleitoral em 2016, após cumprir quatro mandatos de deputada estadual. Mesmo com a saúde frágil, Ana Lúcia não recusou o convite para participar de mais uma batalha política. Merece destaque o fato de três das oito candidatas serem delegadas de Polícia, certamente convidadas pelos partidos para emprestar uma imagem de seriedade à desgastada política. Independente deste fato, importa mesmo é saber que as mulheres estão tomando gosto pela vida pública. E isso é muito bom, pois elas têm um olhar muito mais humano para os inúmeros problemas que afetam a nossa população.

Canindé na pauta do TJ

O pedido de intervenção estadual em Canindé do São Francisco será julgado hoje, pelo Pleno do Tribunal de Justiça. Na ação, o Ministério Público alega ser necessário afastar o prefeito Ednaldo da Farmácia por 180 dias (o mandato dele acaba antes) para sanar transtornos de ordem fiscal, contábil, administrativa, etc. A sessão do TJ que votará a intervenção terá uma grande coincidência: os desembargadores Luiz Mendonça e Diógenes Barreto eram, respectivamente, promotor e juiz de Canindé em 2001, quando foi decretada intervenção no município, afastando a então prefeita Rosa Feitosa. Misericórdia!

Tirou o time

O advogado Henri Clay Andrade (Rede) desistiu de disputar a Prefeitura de Aracaju. Recuou para apoiar a candidatura de Márcio Macedo (PT) e não aceitou ser parceiro de chapa do petista. O próprio Henri Clay sugeriu o nome da ex-deputada estadual petista Ana Lúcia para ser candidata a vice da coligação PT-Rede-PROS. Os três partidos realizam convenção hoje, para homologar as candidaturas majoritárias e proporcionais.

DEM sozinho

O DEM vai sozinho para a disputa majoritária em Aracaju. Bem diferente de 2016, quando o demista João Alves Filho disputou a reeleição numa aliança composta pelos DEM, PSDB, PPS, PV, PHS e PEN. Ao ter o nome homologado como candidata pelo DEM a delegada Georlize Teles disse que não entrou na campanha para fazer figuração. “Estou entrando para jogar, para participar da disputa, mostrando o nosso projeto para Aracaju”, discursou. Ah, bom!

Candidatura abortada

Após propagar que disputaria a Prefeitura de Aracaju, o deputado estadual Zezinho Sobral (PODE) desistiu da empreitada. Em 2016, foi a mesma coisa: o parlamentar ensaiou ser candidato a prefeito da capital e até fez concorrida festa para lançar a candidatura. Na hora H, contudo, deu pra trás. Como presidente do partido, Zezinho comandou, ontem, a convenção que homologou uma chapa com 36 candidatos à Câmara de Aracaju. Sobral prometeu se envolver de corpo e alma na campanha proporcional dos aliados. Marminino!

CPI suspensa

A Justiça suspendeu liminarmente a CPI aberta pela Câmara de Propriá contra o prefeito Iokanaan Santana (PSB). A defesa do gestor alegou que os vereadores sequer ouviram o acusado. Também argumentou que, “numa forma clara e explicita de perseguição, foi divulgado em rede social que o resultado da CPI já era do conhecimento dos vereadores, mesmo antes de o prefeito ter apresentado à Comissão qualquer documento em seu favor”. Crendeuspai!

Tucano enojado

Uma foto divulgada pelo deputado estadual Rodrigo Valadares (PTB) como sendo atual, irritou o ex-senador Eduardo Amorim (PSDB). No antigo registro fotográfico aparecem o próprio deputado e o tucano, além de Zé do Sertão, deputado Mario Lopes, Edvan Amorim e o prefeito de Itabaiana, Valmir de Francisquinho (PR). Segundo o ex-senador, Rodrigo é o pior tipo de caráter que ele já conheceu: “Uma personalidade fraca e doente como a sua não pode assumir um poder, pois pode matar não só a honra das pessoas, mas pisar e maltratar os que não têm poder. Tenho nojo!”. Desconjuro!

Aderiu ao padre

E o ex-deputado estadual Zé Franco (DEM) desistiu de disputar a Prefeitura de Socorro para apoiar a reeleição de Padre Inaldo (Progressista). Pelo acordo político, o demista indicará o filho Manelito Neto (DEM) como candidato a vice na chapa do reverendo. Zé Franco alegou ser contra a realização de eleições enquanto durar a pandemia e, por causa disso, decidiu apoiar o padre. O governador Belivaldo Chagas (DEM) abençoou o acordo do demista com Padre Inaldo. Vixe!

Prestando contas

O senador Alessandro Vieira (Cidadania) divulgou o resultado final dos projetos contemplados pelo Edital de Emendas Participativas para 2021. São 51 projetos, que abrangem iniciativas em todo o estado, atendendo ações nas mais diversas áreas. “Para destinar os mais de R$16 milhões em emendas individuais ao orçamento da União, consultamos a população sergipana para ouvir suas demandas”, explica o senador. Então, tá!

E o povo, ó!

Diferente de Aracaju, onde as legendas fazem questão de respeitar a ideologia política, no interior de Sergipe ocorre a maior mistura partidária. Dependendo da chance de vitória, candidatos da direita, da esquerda e do centro se juntam nos mesmos palanques, sem a menor cerimônia. O último exemplo desse sarapatel de coruja vem de São Cristóvão. Ali, o PT e o PSL estão na mesma coligação liderada pelo prefeito e candidato à reeleição Marcos Santana (MDB). O postulante a vice é o jovem emedebista Paulo Júnior, eleito vereador em 2016 pelo PSL, o mesmo partido que elegeu o presidente Jair Bolsonaro. É mole ou quer mais? Home vôte!

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano Folha da Manhã, em 28 de maio de 1942.

* É editor do Portal Destaquenotícias

  Editoria: